14 de jul de 2010

Os benefícos do Gérmen de Trigo para a fertilidade da mulher e do homem



Ver imagem em tamanho grande
Sobre o Trigo:O Trigo é um cereal nobre de origem bastante remota. Já era utilizado na alimentação no ano IV a.C. pelos babilônios e sumerianos. Os maiores produtores mundiais de trigo são os Estados Unidos, Rússia e China. No conjunto de grãos, a produção mundial de trigo só perde para o milho, em termos de volume. 

Sobre o Óleo de Germe de Trigo:O Óleo de Germe de Trigo é obtido por compressão a partir dos fragmentos de germe moídos. O germe de trigo, de onde é extraído o óleo, representa cerca de 2% do grão de trigo. Nesta pequena parte está concentrada uma quantidade significativa de nutrientes, sendo considerada a maior fonte de vitamina E da natureza, possui também sais minerais e ácidos graxos insaturados que são de vital importância para a prevenção de doenças.

Utilização do Óleo de Germe de Trigo:
O Óleo de Germe de Trigo é bastante utilizado como suplemento vitamínico, devido a grande quantidade de vitamina E. Sua utilização aumenta a resistência física, a atividade muscular e melhora a circulação na derme.

Aplicação do Óleo de Germe de Trigo:O Óleo de Germe de Trigo tem aplicações bastante variadas: auxilia no tratamento do estresse físico, problemas cardiovasculares, insônia e distúrbios do climatério, auxilia na ativação das glândulas sexuais, melhorando a produção de hormônios, ajuda a regular o ciclo menstrual e pode contribuir na prevenção de abortos e partos prematuros.
Na cosmética e beleza, o Óleo de Germe de Trigo previne o ressecamento e as rugas. Se aplicado na pele é eficaz na recuperação da pele seca e áspera, podendo acelerar a cicatrização de feridas e queimaduras.

Beleza e saúde da pele: O Óleo de Germe de Trigo, melhora a nutrição das células, prevenindo o ressecamento e as rugas, com a aproximação da menopausa. É excelente para recuperar a pele seca e áspera. É ótimo para acelerar a cicatrização de feridas e de queimaduras.

Fisiologia sexual: Pela ação da vitamina E combinada com zinco, o Óleo de Germe de Trigo ativa as glândulas sexuais melhorando a produção de hormônios e a fertilidade em ambos os sexos. Na mulher ajuda a regular os ciclos menstruais, retarda e atenua os problemas relativos à menopausa.

Resistência fisica nas práticas esportivas: Uma dúzia de cápsulas de Óleo de Germe de Trigo, diariamente, aumenta a resistência e a capacidade física de um esportista em mais de 30%. Esta melhoria de desempenho é motivada pela vitamina E que aumenta o poder de resistência à fadiga do atleta, permitindo melhor atividade muscular.

Sistema circulatório: Através da vitamina E, o Óleo de Germe de Trigo age como anticoagulante e como ativador da circulação sanguínea. É excelente para prevenir problemas cardio-vasculares: arteriosclerose, trombose das coronárias, angina do peito e flebite. Ele age nos pequenos capilares, tornando-os mais resistentes evitando os derrames. É notável a sua ação contra as varizes e a deficiência de circulação nas extremidades.
Por possuir uma combinação natural de vitamina B1 e vitamina E, o gérmen de trigo possui extraordinário valor dietético para diabetes, o qual foi demonstrado experimentalmente. Reduz-se o excesso de açúcar presente no sangue e na urina com a ingestão diária de quatro a cinco colheres cheias de gérmen.
Compostos vegetais, cientificamente balanceados, à base de gérmen de trigo, soja, aveia, gergelim e castanha do pará, adicionados às refeições diárias, auxiliam na perda ou ganho de peso, além de garantir a nutrição do corpo e o aporte diário de fibras e componentes que hoje sabidamente preenchem as necessidades de prevenção de doenças como o câncer.

Gérmen de Trigo - Obtém-se o gérmen de trigo, como produto natural inalterado, mediante a moedura do trigo puro. Os gérmens de trigo do comércio são quase sempre gérmens de trigo puros especialmente preparados, mas nos quais praticamente se conserva sem alterar a sua composição natural.
Os gérmens de trigo são minúsculos depósitos naturais de vitaminas, com elevado teor nas do grupo B e na vitamina E (a-tocoferol). Contém também vitamina K, provitamina A e D, a substância ativa cutânea F e a vitamina B12, antianêmica, assim como aminoácidos biológicos de grande valor, ácidos gordurosos não saturados, minerais em combinação orgânica de absorção fácil, entre os quais fosfato a 50 %, além de magnésio, manganês, cobalto e cobre, como oligoelementos.
Análise: como componentes nutritivos, figuram: 30% de proteínas, 9 % de óleo de gérmen, 38% de amido e açúcar e 5,5% de minerais. Quanto a elementos ativos, em concentração excepcionalmente elevada, provou-se a existência de vitamina B1 (aneurina), 1,6 mg%; vitamina B2 (lactoflavina), 0,7 mg%; amida do ácido nicotínico, 4,4 mg%; vitamina E (tocoferol), 45,5 mg %. Também estão presentes outras matérias ativas, como vitamina B6 (adermina), vitamina H (biotina), vitamina H (ácido paraminobenzóico), ácido fólico (ácido pantotênico) e numerosas enzimas e auxonas.
Sem nos determos a analisar mais minuciosamente os elementos ativos enumerados, fica suficientemente claro, pelo que se disse até aqui, que não podemos prescindir em nenhum caso do gérmen de trigo na nossa alimentação diária, se quisermos evitar lesões e manter-nos saudáveis.
 
O Gérmen de Trigo na Alimentação Infantil - De todas as papas infantis deve fazer parte a valiosíssima substância do gérmen, para se conseguir um crescimento e um desenvolvimento normais e naturais. Os gérmens de trigo. fazem chegar ao organismo em pleno desenvolvimento elementos nutritivos e vitais, protegendo-o contra a doença.

O Gérmen de Trigo no Diabetes - O Prof. Stepp, conhecido investigador alemão das vitaminas, considera eficaz o emprego da vitamina B1 nos diabéticos, por produzir efeitos semelhantes aos da insulina. Não pode, decerto, substituir a insulina; mas é provável que facilite em alto grau o acesso da insulina às células orgânicas. Também a vitamina E exerce o efeito de reduzir a quantidade de açúcar no sangue, como se demonstrou experimentalmente, embora ainda não esteja totalmente explicado o mecanismo de ação. Como os gérmens de trigo constituem uma combinação natural destas matérias ativas, o seu valor dietético para a diabetes é extraordinário. Com um consumo diário de quatro a cinco colheres cheias de gérmens de trigo, reduz-se nitidamente o excesso de açúcar presente no sangue e na urina. Por conseguinte, o gérmen de trigo atua no diabetes leve e média como complemento medicinal, poupando a insulina e normalizando o metabolismo dos diabéticos.

Nenhum comentário:

Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradecemos e faremos a devida correção. Solicitamos também que, ao ser extraída qualquer informação desta página, seja adicionada à devida autoria ou endereço:
http://clafilhasdalua.blogspot.com/