30 de dez de 2010

Círculos Sagrado de Visões Femininas - Jan/2011

Informações para o Círculo de Porto Alegre:
(51) 98210643 ou clafilhasdalua@gmail.com

Quer saber o local mais próximo de você?
http://circulosagradodevisoesfemininas.blogspot.com

29 de dez de 2010

Cabala para Mulheres

Olá amadas, estou me aventurando em uma nova visão e uma nova linguagem (digo nova para mim).  Estou lendo o livro "Deus usa batom - Cabala para Mulheres" de Karen Berg e ainda buscando compreender o título do livro (que confesso me incomodar um pouco, mas talvés porque não use quase batom, hahahaha), bem provocativo. Pois bem, como não sei ler sozinha... adoooro compartilhar (e este livro explica isso), trago um capítulo para instigá-las:

A VANTAGEM FEMININA

É amplamente reconhecido que as mulheres são, por natureza, mais resistentes fisicamente que os homens - e qualquer um que tenha visto o filme Até o limite da honra ou tenha tido um bebê não duvida disto. No útero, o feto do sexo feminino é mais forte que o masculino. Na realidade, todos os embriões começam no início da gestação como fêmeas, mas em algum ponto do começo da gravidez os hormônio masculinos entram em operação e transformam o feto que está se desenvolvendo em macho. (Neste nível, todos nós somos verdadeiramente receptores, exceto que, com o passar do tempo, bifurcamos em manifestações masculinas e femininas de energia espiritual). Há mais abortos espontâneos de fetos homens do que mulheres, e os meninos têm menos probabilidade do que as meninas de sobreviver à primeira infância. Muitas doenças, como a hemofilia, passam através da mãe para a criança do sexo masculino, mas não para a do sexo feminino.
O que é verdadeiro fisiscamente também é verdadeiro espiritualmente: as mulheres são mais fortes, elas têm um conhecimento inato. As pesquisas demonstram que as mulheres usam regiões mais diversificadas do cérebro e conseguem captar a comunicação não-verbal melhor que os homens. Recebemos a dádiva de sermos mais intuitivas e, alguns diriam, clarividentes. Possuímos a capacidade de ver coisas além dos nossos cinco sentidos, alcançando o que os cabalistas chamam de mundo dos 99%. Uma mãe consegue sentir que um filho está triste, solitário ou sentindo dor a mil milhas de distância.
Essas ferramentas nos foram dadas para alimentar bebês e também para sustentar o componente espiritual entre nós e nossos maridos. Na realidade, fomos criadas para ser as líderes espirituais da casa. A mulher é a coroa do homem. É por isso que ela acende as velas na noite de sexta-feira: é papel dela trazer a Luz para a casa.
Muitas expressões em hebraico enfatizam esta posição de importância: a mulher de valor, a rainha Shabat, a noiva Shabat, a shekiná, ou aspecto feminino de Deus. Na realidade, foi exatamente por isso que decidi chamar este livro de Deus usa batom. Dizemos que a mulher constrói e a mulher destrói. Com isso quero dizer que o que acontece no seu lar está nas mãos dela. A mulher determina a quantidade de energia que um lar terá. Ela é a Luz daquela casa. Uma das coisas que aprendemos na Cabala é que no momento em que uma mulher não usa sua energia para construir, automaticamente ela está destruindo. Não existe nenhuma outra opção.
Por quê? Lembre-se que as mulheres estão sujeitas às duas forças operando ao mesmo tempo: a força de compartilhar, de cuidar, de conseguir fazer malabarismo, de dar, de ser a "causa", assim como a energia de ser o "efeito" - de querer, de receber, de "eu, eu, eu", de vítima. Não existe nada separando as duas.
Entretanto, as mulheres nasceram para ser companheiras. Elas compartilham com toda a naturalidade. Os chimpanzés têm o parantesco mais próximo com nossa espécie, com uma coincidência de 99% entre os genes dele e os nossos. Os estudiosos de chimpanzés descobriram que as fêmeas dessa espécie tendem a confiar em suas amigas para garantir a sobrevivência dos seus bebês. Somos um sexo protetor, doador, interdependente, especialmente quando se trata de criar nossos filhos - jardins-de-infância e creches que o digam.
As pessoas costumam sentir que as religiões em geral, e o judaismo em particular, são chauvinistas, limitando o papel da mulher a criar os filhos e cuidar da casa - mas na verdade não é este o caso. O fato é que a Bíblia é muito clara a respeito da importância espiritual das mulheres.
(Karen Berg - "Deus usa batom" Cabala para mulheres - editora Rocco)

Provocativo este último parágrafo, não?
Estamos cientes da nossa importância e responsabilidade ou nos agrada mais vestir o papel de vítima?
Em breve compartilho outros trechos do livro para convidá-las à reflexão.
Beijo a todas e todos (porque sei que homens também passam por aqui)
Ana Andrade

27 de dez de 2010

Reiki Xamânico nível I - Janeiro de 2011


Queridas
Em janeiro de 2011 estaremos realizando mais um Curso de Reiki Xamânico - O Caminho do Coração - nível I. O curso não tem pré-requisito, está disponível a qualquer homem e mulher que queiram aproximar-se da sua essência, estabelecer conexão com a natureza e com tudo que Ela nos oferece; que queiram conhecer o Campo de Possibilidades que é a VIDA e que desejam estar à SERVIÇO, alinhados com seu Propósito Celeste. O Curso é todo ele vivencial, a iniciação é individual, é repassado aporte teórico depois do curso e os facilitadores ficam amorosamente a disposição para dúvidas e orientações depois do processo, de acordo com a necessidade de cada um.

O nível I além de apresentar elementos básicos e essenciais no atendimento de Reiki Xamânico, purifica e prepara o participante para seguir sua jornada de Encontro a si mesmo (queira ele participar dos outros níveis ou não). Atualmente há muita informação disponível à respeito do Caminho Vermelho, a teoria já está acessível em livros e virtualmente, mas o objetivo de um curso vivencial é dar acesso à informações que estão disponíveis somente à VOCÊ. Cada um carrega em si uma biblioteca VIVA, traz em suas células milhares de informações, carregando em seu coração a SABEDORIA que vem da FONTE. Jamais deixamos de ser aquilo que somos - SOMOS CENTELHA DIVINA!

É com muito Amor no coração que lhe faço este convite. Repasse por Amor!

Abraço fraterno,
Ana Andrade

14, 15 e 16 de janeiro de 2011
REIKI XAMÂNICO nível I
O CAMINHO DO CORAÇÃO


14/01 - 19h30min às 23h
15/01 - 08h às 23h
16/01 - 09h às 21h

Contribuição: R$ 260,00 até 01/01/2011 (incluído material, alimentação, temazcal, certificado), após esta data R$ 280,00.

Trazer: Bloco de anotação, caneta, roupa para suar (homens bermuda, mulheres vestido ou saia) ou roupa de banho, toalha de banho, chinelo, doação para homem/mullher do Fogo (o que sentir no coração).

Facilitadores: Ana Paula Andrade e Rafael Dusik

Local: Espaço Rapa Nuy
Rua Delfino Riet, 116
Santo Antônio - Porto Alegre/RS
(ônibus Caldre Fião ou lotação Canal 10)
(51) 32352124

Inscrições: (51) 98210643
clafilhasdalua@gmail.com


Inscrição mediante depósito de R$ 60,00 (este valor só é devolvido em caso de aviso prévio de 15 dias anterior a data do curso). Informe-se sobre condições de pagamento!

2011 pode ser um ano especial, se nosso olhar for diferente

O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho. É viver cada momento e construir a felicidade aqui e agora. Claro que a vida prega peças. O bolo não cresce, o pneu fura, chove demais, perdemos pessoas que amamos...
Mas, pensa só:
Tem graça viver sem rir de gargalhar, pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido estragar o dia por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Eu quero viver bem...E você? 2010 foi um ano cheio de coisas boas, mas também de problemas e desilusões, tristezas e perdas, reencontros...
Normal...
2011 não vai ser diferente. Muda o século, o milênio muda, mas o Homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas, e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?
O que eu desejo pra todos nós é sabedoria. E que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência. O nosso desejo não se realizou?
Beleza...Não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa para esse momento (me lembro sempre de uma frase que ouvi e adoro: 'cuidado com seus sonhos, desejos, eles podem se tornar realidade').
Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano...Mas,se a gente se entender e permitir olhar o outro e o mundo com generosidade,as coisas ficam diferentes. Desejo para todo mundo esse olhar especial!
2011 pode ser um ano especial, se nosso olhar for diferente.
Pode ser muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro.
2011 pode ser o máximo, maravilhoso, lindo, especial!
Depende de mim...De você.
Pode ser...E que seja!'
(Arnaldo Jabor)

24 de dez de 2010

Antigas Celebrações


24 de Dezembro

"Modresnacht", a Noite da Mãe, antiga festa anglo-saxã e alemã dedicada à Grande Mãe Nerthus ou Frau Gode. Muitas das tradições deste festival sobreviveram e foram adaptadas às celebrações do atual Natal. Em lugar de fogueiras festejando o nascimento da Criança Divina, passaram a ser usadas tochas, depois velas inscritas com símbolos rúnicos. As árvores sagradas, reverenciadas como símbolos da Árvores do Mundo, foram substituídas pelo pinheiro decorado com bolas (representações do planeta) e o Anjo no topo (em vez da imagem da Deusa). Nerthus era conhecida como "A Mãe da Terra do Norte" e simbolizava a fertilidade, a paz e a harmonia familiar.
Neste dia, os povos antigos ofertavam presentes para as Divindades agradecendo as dádivas recebidas ao longo do ano. Atualmente, as pessoas presenteiam-se entre si, a celebração tendo perdido seu siginificado sagrado para tornar-se uma reunião familiar e comercial.

Uma antiga crença européia afirma que os pedidos de casamento feitos e aceitos nesta noite asseguram casamentos longos e amorosos.

25 de Dezembro

Os festejos de Natal originaram-se nas antigas celebrações universais do solstício de inverno. Apenas no século IV foi escolhida esta data, que coincide como o nascimento de vários deuses solares e da vegetação, como Tammuz, Osíris, Attis, Dionisio e Mithra. Por ser basicamente um festival da luz e do sol, era dedicado aos deuses solares nascidos de suas Mães Virges - Spenta Armaiti, Mirrha, Ísis, Maria, Rhiannon e Coatlicue. Á meia-noite deste dia, os sacerdotes emergiam dos Altares subterrâneos anunciando "A Virgem deu à luz, a escuridão diminui". As civilações mexicanas, peruanas e dos nativos americanos, também celebravam o nascimento da Criança Divina.

Em Roma, celebrava-se o "Dies Natalis Invicto", o nascimento do Sol invicto e o fim dos festejos libertinos da Saturnália.
Nesta data, na escandinávia, havia um Festival chamado Jolnir, onde honrava-se o deus Odin com oferendas de cervejas especialmente preparadas para essa ocasião, homenageando também as almas dos heróis mortos em combate.
Na Mesopotânea celebrava-se a deusa Astarte, conhecida como Asthar Samayin pelos aramaicos, Astoreth pelos canaanitas e Aisha Qandisha pelos marroquinos, Representações da Grande Mãe, regente do céu e do planeta Vênus.

Fonte de pesquisa: Anuário da Grande Mãe (Mirella Faur)

23 de dez de 2010

Deusa Rhiannon

By Marco Antonio

image

A Deusa-cavalo galesa do Inferno, Rigatona ou Ringatona (Itália), Epona (Gália), Bubona (Escócia), Grande Deusa Branca eram alguns dos nomes originais de Rhiannon. É também conhecida como a deusa dos pássaros, dos encantamentos, da fertilidade e do submundo. Ela se identifica com a noite, a emoção, o sangue, a lua, o drama.

Rhiannon é a donzela saída do inframundo neste aspecto, relaciona-se com a Deusa Perséfone. Sua iconografia vincula-se ao simbolismo eqüino. Andava em um cavalo branco, vestida com um manto de penas de cisnes, sempre acompanhada por seus pássaros mágicos.

Ela é venerada na Irlanda, no País de Gales, na Gália (Epona), mas também aparece na Iugoslávia, África do Norte e Roma.

Algumas imagens de Rhiannon, exibi-a com cestas de frutos e flores e isso nos remete ao simbolismo da fertilidade e abundância da terra. Parece que realmente sempre houve sua associação com as Deusas-Mães.

Há muitas histórias sobre Rhiannon. Eu escolhi uma delas para contar aqui:

Rhiannon era uma deusa galesa da morte, filha de Hefaidd, Senhor do Outro Mundo. Vivia sempre acompanhada por três pássaros mágicos, que podiam encantar os vivos e acordar os mortos.

Por possuir rara beleza, tinha muitos pretendentes, incluindo Pwyll, um mortal, que era rei de Dyfed, assim como Gwalw, um dDus de menor importância, filho de Clud. Gwalw, havia lhe proposto uma união, mas seu desejo foi casar-se com Pwyll. Ao ter conhecimento do desprezo de Rhiannon por Gwalw e sua união com Pwyll, seu pai lançou-lhe uma maldição, tornando-a estéril. Ela desgraçadamente não podia ser mãe. Os amigos de Pwyll tentaram então convencê-lo a tomar outra esposa já que sua esposa não poderia lhe dar um herdeiro. Mas o rei recusou, pois alegou amá-la.

Rhiannon, desesperada, utilizou-se da magia para conseguir engravidar e deu a luz a um filho, o herdeiro tão desejado pelo rei. Mas pouco depois do nascimento, o menino foi raptado. As donzelas responsáveis por cuidar dele, com medo de serem acusadas pelo seu desaparecimento, mataram alguns pássaros, esfregaram o sangue dos animais no rosto e nas vestes de Rhiannon, acusando-a de ter devorado o próprio filho.

Foi quando Pwyll estabeleceu um castigo para o seu alegado crime, transformando-a simbolicamente em um cavalo que deveria carregar todos os hóspedes do marido nas costas.

Decorridos sete anos, o Deus Teyrnon encontrou um menino, que imediatamente reconheceu como sendo o filho de Pwyll e Rhiannon e transportou-o de volta ao seio da família, que acabou por descobrir que o seqüestrador tinha sido Gwalw, que agira desta forma para vingar-se da recusa sofrida.

Pesquisa: A Casa do Mago

22 de dez de 2010

Palavras do Osho

A miséria tem muitas coisas para lhe dar que a felicidade não pode dar. De fato, a felicidade tira muitas coisas de você. A felicidade tira tudo aquilo que você sempre teve, tudo aquilo que você sempre foi, a felicidade lhe destrói.

A miséria nutre seu ego e a felicidade é basicamente um estado sem ego. Este é o problema, o ponto crucial do problema. Eis porque as pessoas acham muito difícil serem felizes.

Eis porque milhões de pessoas no mundo tem que viver na miséria... decidiram viver na miséria. Ela lhes dá um ego muito muito cristalizado. Sendo miserável, você é Feliz, mas você não é. Na miséria, a cristalização; na felicidade você fica dissolvido.

Se isso for entendido, então as coisas ficam muito claras. A miséria lhe torna especial. Felicidade é um fenômeno universal, não há nada especial sobre ela. As árvores são felizes e os animais são felizes e os pássaros são felizes. Toda existência é feliz, exceto o homem. Sendo miserável, o homem se torna muito especial, extraordinário.

A miséria torna você capaz de atrair a atenção das pessoas. Quando você é miserável você é assistido, simpatizado, amado. Todo mundo começa a cuidar de você. Quem vai querer magoar uma pessoa miserável? Quem tem ciúmes de uma pessoa miserável? Quem vai querer ser contra uma pessoa miserável? Isso poderia ser muito maldoso.

A pessoa miserável é cuidada, amada, assistida. Há um grande investimento na miséria. Se a esposa não for miserável o marido simplesmente tende a esquecê-la. Se ela for miserável o marido não pode se permitir a negligenciá-la. Se o marido for miserável toda a família, a esposa, as crianças, estão ao seu redor, preocupados com ele; isso dá grande conforto. A pessoa sente que ela não está só, a pessoa tem uma família, amigos.

Quando você está doente, depressivo, na miséria, os amigos vêm visitá-lo, vêm confortá-lo, vêm consolá-lo. Quando você está feliz, os mesmos amigos ficam com ciúmes de você. Quando você está realmente feliz, você vai ver que o mundo todo se voltou contra você.

Ninguém gosta de uma pessoa feliz, porque a pessoa feliz fere os egos dos outros.

Os outros começam a sentir, “Então você ficou feliz e nós ainda estamos rastejando na escuridão, na miséria e no inferno. Como você ousa ser feliz quando estamos todos em tal miséria!”

É claro que o mundo consiste de pessoas miseráveis e ninguém é bastante corajoso para ir contra o mundo inteiro; é muito perigoso, arriscado demais. É melhor se apegar à miséria, isso mantém você como parte da multidão. Feliz, você é um indivíduo; miserável, você é parte da multidão – Hindu, Maometano, Cristão, Indiano, Árabe, Japonês.

Feliz? Você sabe o que a felicidade é? Ela é Hindu, Cristã, Maometana?

A felicidade é simplesmente felicidade. A pessoa é transportada para um outro mundo. A pessoa não faz mais parte do mundo que a mente humana criou, a pessoa não é mais parte do passado, da feia história. A pessoa não é mais absolutamente parte do tempo. Quando você está realmente feliz, alegre,o tempo desaparece, o espaço desaparece.

Albert Einstein disse que no passado os cientistas costumavam pensar que haviam duas realidades – tempo e espaço. Mas ele disse que essas duas realidades não são duas – elas são duas faces de uma única realidade. Dessa forma ele cunhou a palavra espaçotempo, uma única palavra. O tempo não é nada mais senão a quarta dimensão do espaço.

Einstein não era um místico, senão ele poderia ter introduzido a terceira realidade também – o transcendental, nem espaço nem tempo. Isso também está lá, eu o chamo de testemunha. E uma vez que esses três estão lá, você tem toda a trindade. Você tem todo o conceito do trimúrti, as três faces do divino. Assim você tem todas as quatro dimensões. A realidade é quadrimensional: três dimensões de espaço e a quarta dimensão do tempo.

Mas há algo mais, que não pode ser chamado de quinta dimensão, porque não é a quinta realidade, é o todo, o transcendental.

Quando você está feliz você começa a se mover para o transcendental.

Isso não é social, isto não é tradicional, não tem nada a ver com a mente humana, de forma alguma.


Osho, Extraído de: The Book of Wisdom

14 de dez de 2010

Que tipo de realidade você deseja experimentar?

Olá povo lindo, precisava compartilhar este texto aqui... este estilo de texto costumo postar no Pedagogia do Encontro ou no Espiralando (e já está lá) mas achei importante postar aqui também... muitas de nós temos trocados as lâmpadas de 40W pelas de 100W e enchergado diferente as coisas...
Isto assusta num primeiro momento, algumas voltam ao antigo padrão, mas a maioria (como aquelas que procuram este blog para ler) optam por arregaçar as mangas e começar a limpeza. Leiam o que Sai Baba nos traz e entenderão o que eu digo.
Beijo grande,
Ana Andrade

SAI BABA fala sobre 2012 :


Ouviu falar de 2012 como um ano em que algo ocorrerá?
Bom, por um lado existem várias profecias que indicam esta data como um momento importante da história da humanidade, mas a mais significativa é o término do calendário Maya, cuja profecia foi interpretada de várias formas. Os mais negativos pensam que nesse ano o mundo termina, mas isto não é real, pois sabemos que neste ano começa a Era de Aquário.

Na verdade este planeta está sempre mudando a sua vibração, e estas mudanças intensificaram-se desde 1898, levando a um período de alterações dos pólos magnéticos que não ocorriam há milhares de anos. Quando ocorre uma mudança do magnetismo da terra, surge também uma mudança consciencial, assim como uma adaptação física à nova vibração. Estas alterações não acontecem apenas no nosso planeta, mas em todo o universo, como a ciência atual tem comprovado.
Informe-se sobre as mudanças das tempestades solares (que são tempestades magnéticas) e perceberá que os cientistas estão a par destes assuntos. Ou pergunte a um piloto aviador sobre o deslocamento dos pólos magnéticos, já que todos os aeroportos foram obrigados a modificar os seus instrumentos nos últimos anos.

Esta alteração magnética se manifesta como um aumento da luz, um aumento da vibração planetária.
Para entender mais facilmente esta questão, é preciso saber que a vibração planetária é afetada e intensificada pela consciência de todos os seres humanos. Cada pensamento, cada emoção, cada ser que desperta para a consciência de Deus, eleva a vibração do planeta. Isto pode parecer um paradoxo, uma vez que vemos muito ódio e miséria ao nosso redor, mas é assim mesmo.
Venho dizendo em mensagens anteriores que cada um escolhe onde colocar a sua atenção. Só vê a escuridão aqueles que estão focados no drama, na dor, e na injustiça. Aquele que não consegue ver o avanço espiritual da humanidade, não tem colocado a sua atenção nesse aspecto.

Porém se liberar sua mente do negativo, abrirá um espaço onde sua essência divina pode manifestar-se, e isto certamente trará o foco para o que ocorre de fato neste momento com o planeta e a humanidade.
“Estamos elevando a nossa consciência como jamais o fizemos”.

Como assim? Não percebe a escuridão?
Vejo-a sim, mas não me identifico com ela, não a temo. Como posso temer a escuridão se vejo a luz tão claramente? Claro que entendo aqueles que a temem, porque também fiquei parado nesse lugar onde apenas via o mal. E por esta razão sinto amor por tudo isso.
A escuridão não é uma força que obriga a viver com mais ruindade ou com mais ódio. Não é uma força que se opõe à luz. É ausência da luz. Não é possível invadir a luz com a escuridão, porque não é assim que o principio da luz funciona. O medo, o drama, a injustiça, o ódio, a infelicidade, só existem em estados de penumbra, porque não podemos ver o contexto total da nossa vida. A única forma de ver a partir da luz é por meio da fé. Assim que aumentamos a nossa freqüência vibracional (estado de consciência), podemos olhar para a escuridão e entender plenamente o que vivemos.

Mas como pode afirmar tudo isso, se no mundo existe cada vez mais maldade?
Não há mais maldade, o que há é mais luz, e é sobre isso que falo agora.
Imagine que você tem um quarto, ou uma despensa, onde guarda suas coisas, iluminado por uma lâmpada de 40W. Se trocar para uma lâmpada de 100W, verá muita desordem e um tipo de sujeira que você nem imaginava que tinha naquele local.

A sociedade está mais iluminada. Isto é o que está acontecendo. E isto faz com que muitas pessoas que lêem estas afirmações as considerem loucura.
Percebeu que hoje em dia as mentiras e ilusões são percebidas cada vez mais rapidamente? Bom, também está mais rápido alcançar o entendimento de Deus e compreender a forma como a vida se organiza.

Esta nova vibração do planeta tem tornado as pessoas nervosas, depressivas e doentes. Isto porque, para poder receber mais luz, as pessoas precisam mudar física e mentalmente. Devem organizar seus quartos de despejo, porque sua consciência cada dia receberá mais luz. E por mais que desejem evitar, precisarão arregaçar as mangas e começar a limpeza, ou terão que viver no meio da sujeira.

Esta mudança provoca dores físicas nos ossos, que os médicos não conseguem resolver, já que não provem de uma doença que possa ser diagnosticada.
Dirão que é causado pelo estresse. Porém isto não é real. São apenas emoções negativas acumuladas, medos e angústias, todo o pó e sujeira de anos que agora precisa ser limpo.

Algumas noites as pessoas acordarão e não conseguirão dormir por algum tempo. Não se preocupem. Leiam um livro, meditem, assistam TV. Não imaginem que algo errado ocorre. Você apenas está assimilando a nova vibração planetária. No dia seguinte seu sono ficará normal, e não sentirá falta de dormir.
Se não entender este processo, pode ser que as dores se tornem mais intensas e você acabe com um diagnóstico de fibromialgia, um nome que a medicina deu para o tipo de dores que não tem causa visível. Para isto não existe tratamento específico – apenas antidepressivos, que farão com que você perca a oportunidade de mudar sua vida.

Uma vez mais, cada um de nós precisa escolher que tipo de realidade deseja experimentar, porém sabendo que desta vez os dramas serão sentidos com mais intensidade, assim como o amor. Quando aumentamos a intensidade da luz, também aumentamos a intensidade da escuridão, o que explica o aumento de violência irracional nos últimos anos.

Estamos vivendo a melhor época da humanidade desde todos os tempos. Seremos testemunhas e agentes da maior transformação de consciência jamais imaginada.
Informe-se, desperte sua vontade de conhecer estas questões. A ciência sabe que algo está acontecendo, você sabe que algo está acontecendo. Seja um participante ativo. Que estes acontecimentos não o deixem assustado, por não saber do que se trata.

7 de dez de 2010

Uma semente para 2011

Fênix

Comparilho o poema de uma irmã de caminhada da 8ª geração de Tenda da Lua. Claudinha, grata por definir com palavras o nascer de nossa Fênix.

Beijo grande
Ana Andrade
14ª geração

Fênix

Saio das cinzas sim.
Mais uma vez ressurjo da brasa quente,
delícia brasa que esquenta reacendendo meu fogo interno,
mas dessa vez não renego nenhuma parte minha,
agrego com amor meus devaneios de totalidade
agrego minha insanidade.
delícia poder rir de minhas atrapalhações,
delícia dançar com minha escuridão e ver a luz através dela,
dessa vez agrego o melhor de mim,
agrego minhas virtudes,
agrego meu cheiro de mato e fumaça.
quero rir alto e acordar os sonhos adormecidos,
rir alto e atingir as profundezas de minha alma.
sagrada Fênix que acorda de um sono profundo,
acorda e vai tomando conta de minhas células.
o fogo não queima mais, apenas quebra a couraça.
pedras quentes, lindas contando as histórias
de minha ancestralidade.
passado, presente e futuro, todos contidos
no exato instante do agora.
reverencio a vida e
vejo-me através do olhar alheio,
refletindo como um espelho,
reflexo borrado,
reflexo com seus ângulos escuros e brilhantes.
Fênix, Fênix, Fênix seja bem vinda e
ensina-me o sagrado segredo do fogo.

Cláudia Maria
8ª geração de Tenda da Lua

6 de dez de 2010

TRATAMENTO NATURAL CONTRA A CANDIDÍASE

A candidíase é uma doença moderna, resultado de certas inovações médicas, como antibióticos, pílula anticoncepcional, comidas refinadas – o nome já diz: (re)finada = morta duas vezes) e muitos doces.

Como a cândida prefere doces e amidos, deve-se evitar comer doces, inclusive algumas frutas, massas e alguns vegetais leguminosos, como batata-inglesa.

A medicina alopática enfrenta a candidíase com nistatina, que inibe o crescimento de leveduras como cândida. Essa substância não funciona sempre, porque a cândida pode criar resistência a ela, e também não previne sucessivos ataques de cândida.

As terapias naturais são mais potentes e efetivas contra a candidíase e a recuperação dura de 6 a 12 meses (ou até mais, dependendo do tempo em que se tem a doença e do grau dos sintomas, pois a cândida demora a ser eliminada pelo corpo).

O segredo para vencer a cândida é limpar bem o sistema digestivo. Para tanto, deve-se beber muita água e comer muita fibra, a fim de eliminar as células mortas da levedura. Se tiver diarréia, o chá da folha de goiabeira resolve.


TRATAMENTO

Seguem algumas sugestões de tratamento contra a candidíase. Pode-se fazê-los juntos ou variar um pouco.

*
Alho e cebola: Ajudam a combater tanto cândida quanto parasitas, pois têm propriedades antibacterianas, antiinflamatórias e antifúngicas. Prefira-os ao natural. Os suplementos de óleo ou extrato de alho também são bons, mas o processamento do alho em cápsulas gera a perda de parte de sua atividade antifúngica.
*
Aloe vera (babosa).
*
Cravo, ginseng e canela (exceto para mulheres grávidas).
*
Ácido caprílico, presente no óleo extravirgem de coco.
*
Auto-hemoterapia.
*
Tomar suplemento da bactéria acidophilus. Os alimentos ricos em clorofila, como os vegetais de folhas verde e a alfafa, também ajudam no crescimento dos acidophius e evitam a reprodução da levedura.
*
Comer bastante maçã (sem casca se não for orgânica). A maçã também facilita a eliminação de gazes e contém potentes compostos anticândida.
*
Fazer a limpeza do fígado com limão e azeite (veja receita aqui: http://curapelanatureza.blogspot.com).
*
Tomar chá de dente-de-leão e unha-de-gato.
*
Cortar da dieta alimentos doces (dextrose, sacarina, glucose, maltose, lactose, frutose); frutas, exceto as que contêm baixo grau de açúcar, como pêra, cereja, mamão papaia (com moderação); trigo, centeio, leite, queijo, bebidas alcoólicas, bebidas com cafeína, batata, mel, cogumelo e vinagre, pois esses alimentes promovem o crescimento da levedura ou podem agravar a condição das colônias de leveduras já existentes.
*
Evitar alimentos enlatados, principalmente os que contêm açúcar.
*
Manter a comida bem tampada no refrigerador para prevenir a formação de fungos.
*
Não comer maionese e adotar uma dieta baixa em carboidrato.
*
Tomar suplementos de vitaminas e minerais para ajudar o sistema imunológico a controlar possíveis infecções. Sugestões: vitamina A, vitamina C, selênio, iodo, selênio, zinco, vitamina E, ferro e biotina. Deve-se preferir as vitaminas naturais, evitando as sintéticas.
*
Tomar glutamina – aminoácido importante para a manutenção da massa muscular, as funções do cérebro, a integridade intestinal e a manutenção dos níveis de açúcar corretos no sangue. A glutamina estimula o sistema imunológico.
*
Fazer exercícios leves, como caminhada e ioga, para ajudar a eliminar o fungo.
*
Tomar probióticos (bactérias intestinais benéficas que agem contra bactérias patogênicas, vírus e fungos, como a cândida).
*
Tomar óleos que contêm ácidos graxos ômega 3 e 6, como óleo de peixe, de prímula e de linhaça.
*
Algas marinhas – ricas em selênio e iodo, inativam os fungos.

FONTE: Cura pela natureza

Tomar diariamente uma xícara de chá de orégano e fazer banho de assento com chá de orégano.

Última Lua Nova de 2010

Nosso encontro desta lua nova estava lindíssimo, uma energia gostosa, que como disse nossa irmã Adriana Salerno: é como algo "quentinho que abraça".
Meninas, as partilhas estavam riquissímas e a troca "sutil e profunda" como disse a amada Mulher Fogo, Marisa.
Espero vocês em janeiro, o Círculo não para, a Roda está sempre girando!











Muitos abraços... que delícia!

3 de dez de 2010

Recado da Mãe Divina

Compartilho este hino que muito toca meu coração. Tenha um ótimo dia, todos os dias! 

Bjos, Ana Andrade

Recado da Mãe Divina (Chandra Lacombe)

Vem surgindo um novo tempo
Traz glórias do Divino
Mais puros e atentos
Nos tornamos canais do infinito

Mãe Divina eu quero ser
Um filho realizado
E é perante o seu poder
Que me entrego pra ser libertado

Como o rio que corre para o mar
Correntezas carregam o medo
Confiança para atravessar
A fronteira do Eu derradeiro

Não há desculpas para se escorar
Já foi dito a hora é esta
O tempo é de se entregar
Abraçando o que ainda resta

Estou morrendo para o passado
E nem anseio pelo futuro
Minha coroa tem brilho dourado
Provo o néctar do Amor Maduro

Mãe Divina eu quero ser
Um filho realizado
E é perante o seu poder
Que me entrego pra ser libertado

1 de dez de 2010

Quer mudar o que está sentindo?

O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta a entope quando não é
possível comunicar as aflições.

O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a"criança interna" tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da
imunidade.

(desconheço autoria)

30 de nov de 2010

Dicas naturais para evitar desconfortos na Menopausa

  Dicas para os chás:
- não ferver;
- abafar por 10 a 15 min.;
-   não tomar junto com as refeições;
-   não tomar por mais de 21 dias (parar por 7 dias e retomar , se for o caso)
-  fazer em recipiente de vidro, barro (não fazerm em alumínio nem plástico)

     Receitas:  

Para  Reposição hormonal, insônia / fogachos:
v      Chá de amora, salvia e framboesa: 1 colh. (chá) de cada planta para 1 xíc. de água (este chá vai dar três xícaras por dia)
v      Alcínia ou Tripa de Galinha
v      Linhaça em óleo
v      Cimicifuga Racemosa ou Clifemin, da Herbarium ou Aplause 20mg
v      Chá da Folha de Alface (p/ insônia)
v      Erva doce, cidreira e hortelã: 1 colh. (chá) de cada  planta para 3 xíc. (cafezinho) de água; tomar 1 xíc a cada hora antes de dormir
v      Valeriana Oficinalis ou Erva de São João (tanto para ficar desperta durante o dia, como para dormir à noite) - modulador do humor;
v     1/3 de maçã (deixar ferver por 1 min.), juntar 4 fls de alface, e 3 fls erva cidreira ou melissa (p/ insônia)
v      Técnica de respiração: respirar tapando a narina esquerda  por 9X; voltar a respirar normalmente e depois fechar de novo a narina esquerda

Para memória:
v      Alecrim: 5 fls. de alecrim (a folha é a unidade, não é um galhinho com 5 un.) para 1 xíc. de água; tomar 2 a 3 X ao dia
v     Chá de  Amora
v      Comer amora, morango, uva, feijão, mertilo, castanha do pará e damasco

Para libido:
v      Tribulus Trichuris ou Androsten, da Herbarium
v      Suco: 1 tomate, 1 cenoura e 1 colh. (sopa) de salsinha

Para lubrificação:
v      Óleo de coco ou Gui: passar no local
v      Orégano: 2 colh. (café) para 1L de água; ferver e fazer banho de assento (também para cistite repetitiva).

Para depressão:
v      Hipericum
v      Hipericum, camomila, flor de jasmin, anis estrelado e melissa: 1 xíc. contendo as ervas em partes iguais, para 1l de água; tomar 4 xíc. por dia (por 21 dias, parar 7 dias, e retomar)

Para cistite:
v      Cranberry ou mertilo (chá)

Para cálculo renal:
v      Rabanete com casca: cortar em tiras finas e colocar em um copo com água à noite, com 1 colh. de açúcar e tapar; na manhã seguinte tomar a água, dispensando os rabanetes; fazer por 7 dias

Para candidíase:
v      Borato de sódio a 3%
v      Biovicerin – injetar com seringa na vulva 2 X por semana.

Encontro na Lua Nova de dezembro - Círculo Sagrado de Visões Femininas

Mulheres de Porto Alegre, Região Metropolitana e ás guerreiras determinadas que vem de longe...
Espero vocês no Espaço Rapa Nuy no domingo (04/12/2010), ás 18h, para nosso encontro mensal de Lua Nova.
Beijinhos lunares,
 Ana Andrade

Menstruação

Olá meninas, mulheres, irmãs... compartilho o texto que recebi esta semana de uma irmã que tem buscado a si mesma nos Círculos Femininos e como estou sangrando nesta lua minguante faço minhas as palavras de Lydiah de Arddhu, abaixo.
Beijos rubros,
Ana Andrade 

LUA MINGUANTE no céu... eu vivenciando minha totalidade, sorvendo do que me oferecem os muitos mundos... e menstruada.
Os que conhecem e/ou praticam a Antiga Religião, o Sagrado Feminino, sabem o que esta mesma trindade pode fazer.
Um tempo em que o Feminino mergulha em todos os meus espaços e me faz mais bruxa do que em qualquer outro tempo.
Os que não conhecem e/ou praticam a Antiga Religião podem ficar horas e horas tentando encontrar a razão e, ainda sim, terminar por não encontrá-la.
A modernidade ensina às mulheres que menstruar é algo sem sentido quando não há o propósito de engravidar - e muitos médicos conceituados desenvolvem tratamentos eficazes a fim de livrar suas pacientes de tamanho incômodo. Céus!
Como as mulheres abrem mão de sua essência e poder com tanta facilidade!
Dentro da Antiga Religião, mulheres, bruxas, sacerdotisas, todas são criaturas poderosas. Mas em nenhum momento tal poder é tão gigantesco quanto no período menstrual.
Algumas (ou muitas) de nós ainda regam a terra com seu sangue menstrual, proporcionando o alimento energético feminino ao planeta.
Algumas (ou muitas) de nós ainda separam parte do sangue menstrual para a unção de objetos, lugares sagrados e pessoas queridas.
Algumas (ou muitas) de nós ainda vivencia plenamente a sabedoria do tempo menstrual, certa de que o sangue sagrado é seu aliado em todos os planos.
Alguns (ou muitos) dos nossos homens ainda anseiam pelo nosso período menstrual como quem anseia pela própria seiva da vida.
Alguns (ou muitos) dos nossos homens ainda reverenciam nosso período menstrual e todo o poder contido nele, traduzido em nossas palavras e atitudes.
Alguns (ou muitos) dos nossos homens ainda reservam para o período menstrual suas melhores performances  - mágicas e sexuais.
Mas somos apenas bárbaros... criaturas ultrapassadas sem qualquer noção dos incríveis avanços científicos... sendo assim, nem vale à pena as mulheres modernas deixarem de lado seus comprimidos antimenstruação... nem vale à pena os homens modernos deixarem de lado a idéia de que menstruação é sinônimo de transa incompleta e enfadonha... nem vale à pena.
Sejam a modernidade plena, enquanto eu vivencio plenamente a minha totalidade.

Lydiah de Arddhu


24 de nov de 2010

Temazcal - Uma terapia poderosa no tratamento de muitas doenças


O Temazcal é uma terapia poderosa no tratamento de muitas doenças e queixas, tanto aguda como crônica. Um dos usos mais comuns do Temazcal no México é para as condições das mulheres relacionadas com a infertilidade, menstruação, gravidez, parto e a tradicional quarentena (quarenta dias que se segue ao parto), bem como para promover o fluxo de leite.

Na classificação tradicional de condições, a maioria dos problemas associados ao sistema reprodutor feminino são consideradas como sendo causadas pelo frio, e para estes, o Temazcal maravilhosamente tem efeito de aquecimento. Ela aquece os ovários, trompas e útero, e 'move' o sistema hormonal. Uma série de banhos de suor são feitos com ervas de natureza quente, adequada para estes problemas. É recomendado mulheres se banhar no Temazcal para regular qualquer problema menstrual.

O Temazcal geralmente não é recomendada durante a menstruação em si, mas tem efeito salutar no período pré-menstrual para evitar dor, TPM, irregularidade, e cistos de ovário, assim como a infertilidade. Sabe-se de um grande número de "bebés Temazcal". Estes foram todos os nascidos de mulheres que entraram para o banho de suor por outras razões, e mais tarde confessaram que estavam tentando engravidar há algum tempo, sem sucesso... o Temazcal as curou de suas dificuldades.

Muitas mulheres sofrem de ciclos menstruais irregulares, isto pode ser causado por níveis de estresse e ansiedade, mudança de dieta ou questões relacionadas a alimentação, doenças ou desequilíbrios fisiológicos, por exemplo, a condição da tireóide / desequilíbrio hormonal, entre outros. A prática de Temazcal pode ajudar a aliviar o sistema nervoso, relaxando os participantes em um estado de bem-estar, induzida pelo abraço de um ventre quente como o espaço. É um espaço que permite e incentiva uma introspectiva viagem individual ao trabalho através de quaisquer questões emocionais e ansiedades. O calor induzido estimula o sistema glandular, em especial a pituitária e glândula pineal. Também estimula a circulação sanguínea profunda e superficial e relaxa os músculos, o que ajuda a equilibrar todas as eventuais irregularidades do organismo.

No caso dos cistos de ovário, Dr. Alba (Instituto Mexicano de Medicinas Tradicionales Tlahuilli) nos traz um exemplo: “tratamos de uma mulher cujo um cisto no ovário, de acordo com os relatórios médicos, estava em volume maio do que o seu útero. Ela passou por uma série de banhos nos Temazcallis, ao final dos quais, o cisto tinha sido reduzido a um quinto do tamanho que tinha sido originalmente publicado, e uma operação indesejada tinha sido evitada”.

Várias observações parecem necessárias em relação a este caso. O primeiro é que era necessário, para obter resultados positivos, uma série de banhos. Isso é quase sempre o caso quando uma condição médica séria está sendo tratada, um único banho ou poucos banhos raramente é suficiente. Neste caso, juntamente com as plantas medicinais que foram usadas no banho em si, outras foram prescritas a serem tomadas pela paciente entre os banhos. Além disso, como terapia de apoio, a acupuntura foi administrada. A correta combinação de terapias complementares, juntamente com uma série de banhos de vapor, pode se tornar eficaz no caso de situações difíceis.

O Temazcal é também amplamente utilizado durante a gravidez e no parto, embora para estes fins, não se torna tão quente como é habitual. No México, nascimentos são frequentemente atendidos dentro do Temazcal quente por uma parteira tradicional. Não só o calor ajuda a acelerar o trabalho, mas o bebê nasce então em um ambiente que não é tão radicalmente diferente daquele de onde veio.

Durante a gravidez, a massagem pode ser realizada com a mãe dentro do banho, aproveitando o relaxamento muscular produzido pelo calor, para manipular externamente o feto que está em uma posição ruim ou está causando desconforto para a mulher grávida. O banho quente pode ser utilizado para acelerar o parto que está indo devagar ou para tornar o trabalho mais forte e mais regular. Ele ajuda a reduzir o sangue após o nascimento.

O Temazcal também tem ótimo efeito para a mamãe após o parto, para acalmar as dores, eliminar toxinas, evitar a febre puerperal e promover o fluxo de leite. Muitas vezes, a criança também é introduzida na Temazcal quente, junto com a mãe.

O Temazcal é uma recriação desse espaço útero. É um escuro, quente e úmido espaço pequeno. A forma de entrada é baixa, e assim deve-se entrar de joelhos, numa posição humilde para entrar neste pequeno espaço sagrado. A escuridão é muitas vezes acompanhada de medo, medo do medo, do desconhecido, daquilo que não podemos ver .... Até que nos acostumamos com a escuridão, e somos capazes de abraçá-la com familiaridade, como o lugar seguro de onde viemos, e somos capazes de nos sentir seguras, assim que largamos as idéias que nos aprisionam. A escuridão pode ser confrontada, somos despojadas de distrações e ficar cara a cara com nós mesmas nos faz olhar para dentro. Esta janela para dentro de nós mesmas nos capacita limpar-nos do que não nos serve mais, de voltar a nós mesmas e conectar com tudo o que É.

Junto com todos os atributos fisiológicos de limpeza que o Temazcal detém, é um espaço de purificação emocional e espiritual. O Temazcal nos oferta um abraço maternal e na libertação do vapor se ouve a respiração das avós, e com elas a lembrança de nossa primeira/própria respiração. A saída deste pequeno espaço íntimo é novamente de joelhos, de cabeça, virado para baixo, como uma criança nasce. Esta saída é o ato de renascimento, limpo e fresco para o mundo físico, mais uma vez.

A prática Temazcal também libera íons negativos no ar que ajudam a aumentar a energia, aliviar a depressão e aliviar o stress. Os íons negativos são moléculas que ganharam ou perderam uma carga elétrica. Elas são criadas através de moléculas de ar quebrando, isso pode ser devido ao sol, a radiação, ou, no caso da Temazcal, através do movimento do ar e da água. Uma vez que os íons negativos atingem a corrente sanguínea, acredita-se que eles produzem reações bioquímicas que aumentam os níveis de serotonina humor, portanto, o Temazcal pode ser uma ferramenta poderosa para qualquer estado de espírito ou questões relacionadas com o stress. Ser capaz de relaxar e se concentrar em si mesmo cria uma grande sensação de bem-estar.


Fonte de pesquisa:
Tlahui - Medic n º 29, I/2010
www.tlahui.com/temaz2.htm
www.tlahui.com/medic/medic29/temazcal_fertility.htm

Imagens google
Foto Ana Andrade - Temazcal no Espaço Rapa Nuy - POA/RS

23 de nov de 2010

Temazcal para Mulheres - dezembro 2010

Clique na imagem para ampliar

Olá amadas, trago este convite muito especial...
Dia 05/12/2010 - última Lua Nova do ano gregoriano
Nos reuniremos as 18h no Círculo Sagrado de Visões Femininas, mas podemos passar o dia juntas!!! Estarei realizando durante o dia um TEMAZCAL (Tenda do Suor), com o propósito de Purificação e Renovação, mas também com um intento de curar relações de parto... nossos partos enquanto filhas, nossos partos enquanto mães!

A primeira Ronda será dedicada para as mamães e seus filhotes (bebês de colo, meninos até 8 anos de idade e meninas que ainda não entraram na menarca). A Tenda será levente aquecida na primeira porta.

Para as mulheres que participarem do Temazcal a contribuição do Círculo Sagrado de Visões Femininas é espontânea.

Beijo no coração de todas,
Ana Andrade

18 de nov de 2010

Oração à PACHAMAMA, a Sagrada Mãe Terra

 

Abençoado seja o Filho da Luz que conhece sua Mãe Terra, pois é Ela a doadora da Vida
Saibas que a sua Mãe Terra está em ti e tu estás Nela
Foi Ela quem te gerou e te deu este corpo que um dia tu lhe devolverás

 

Saibas que o sangue que corre nas tuas veias nasceu do sangue da tua Mãe Terra
O sangue Dela cai das nuvens, jorra do ventre Dela borbulha nos riachos das montanhas, flui abundantemente nos rios das planícies

 

Saibas que o ar que respiras nasce da respiração da tua Mãe Terra
O alento Dela é o azul celeste das alturas do céu e os sussurros das folhas da floresta

 
Saibas que a dureza dos teus ossos foi criada dos ossos de tua Mãe Terra
Saibas que a maciez da tua carne nasceu da carne de tua Mãe Terra


A luz dos teus olhos, o alcance dos teus ouvidos
Nasceram das cores e dos sons da tua Mãe Terra que te rodeiam como as ondas do mar cercando o peixinho, como o ar tremelicante sustenta o pássaro 

                                                                                                         
Tu és um com tua Mãe Terra
Ela está em ti e tu estás Nela
Dela tu nasceste, Nela tu vives e para Ela voltarás novamente

Segue portanto as suas leis
pois teu alento é o alento Dela
teu sangue o sangue Dela
teus ossos os ossos Dela
tua carne a carne Dela
teus olhos e teus ouvidos são Dela também
 

 Aquele que encontra a paz na sua Mãe Terra não morrerá jamais
Conhece esta paz na tua mente
Deseja esta paz ao teu coração
Realiza esta paz com o teu corpo. 

(Edmond Szekelyi- Evangelho dos Essenios)

A Deusa está presente em toda a manifestação

As representações da Deusa datam de muito antes do alvorecer do atual ciclo de civilização. Desde o início da consciência, o homem já cultuava a Divindade no seu aspecto feminino, visto que o macho era apenas uma espécie de estimulador do poder criativo. Por isso a Deusa foi a primeira divindade a ser cultuada desde as mais remotas culturas, representando a fertilidade e o lado feminino da Natureza, como Fonte Criadora Universal.

Então todas as representações pictóricas comprovam uma cosmogonia centrada no Feminino.

Representa a totalidade da criação e a unidade da Vida. Suas múltiplas manifestações recriam o eterno ciclo de nascimento, crescimento, morte e renascimento.

Ela tem sido reverenciada e amada sob inúmeros aspectos e, fundamentalmente, como a própria Terra. A sua presença é a mais fortemente arraigada no inconsciente coletivo e tem originado os mais diversos mitos, onde a donzela pura, a moça sedutora, a mãe consoladora, a fêmea nutriente, a guerreira protetora, a velha sábia, representam aspectos de uma única divindade incorporando o Eterno Feminino. Várias deusas têm sido celebradas através da história, no panteão de todas as religiões, como representações da Grande Mãe.

Dentro da concepção xamânica tudo se interliga neste organismo vivo e vibrante , a Mãe Natureza. Nesta teia sistêmica, um afeta o todo e o todo afeta a um; todos somos codependentes. Nós somos Gaia, Pachamama, a Mãe Terra, que vive em cada um de nós.

Em seu aspecto como Rainha da Floresta, ela é aquela que nos alimenta, nutre e sacia. Cura e ensina, sempre através do vegetal. Pelo seu ventre encarnamos em matéria e pelo seu ventre retornaremos ao plano espiritual.

A doutrina cristã articulada por Paulo de Tarso, com um cunho claramente machista, de início tentou, mas não logrou apagar a presença do Eterno Feminino no coração da humanidade. Como os povos, mesmo depois de convertidos, não esqueciam a Grande Mãe através das diversas Deusas, no primeiro Concílio de Éfeso ( no ano 415), à título de compensação, foi concedido à mãe de Jesus o título de Santa Maria "Mãe de Deus". Este foi o resultado, não de respeito pelo feminino, mas consequencia de uma pressão popular que ameaçava de queimar vivos os membros do Concílio.

Independente da devoção à Maria mãe de Jesus, no seio dos Cristianismos Romano e Ortodoxo, a mulher continuou sendo discriminada e relegada a um plano de inferioridade diante do masculino. Encarada como sedutora responsável pela "perdição" do homem e incitadora da prática sexual - considerada pecaminosa - passou a ser agregada como "um mal necessário" ao mundo masculino e não reverenciada como sagrada geradora da Vida.

Como o Catolicismo não podia tolerar qualquer doutrina ou sociedade que, de alguma forma, cultuassem o Divino Feminino, transformaram em bruxaria e práticas diabólicas, rituais ligados à Natureza. Queimaram vivas, a pretexto de feitiçaria, centenas de mulheres que detinham um saber informal ligado à Medicina Sagrada das plantas, da astrologia e dos oráculos. Já os protestantes, seguiram ignorando o aspecto feminino da Divindade, cultuando apenas um Criador masculino e seu filho único, encarnado em corpo humano e também masculino.

Maria de Nazaré, como Mestre Ascencionada da Grande Loja Branca e alheia as contendas sectárias que envolverm as instituições religiosas, optou por cumprir a missão de Mãe da Humanidade, dispensando Amor Incondicional a todos os filhos da Terra, sendo o único Ser capaz de aliviar o peso das suas dívidas cármicas.

Pela capacidade de gerar a vida, desde os primórdios a mulher foi envolvida por um halo de encanto, especialmente porque, embora sangrando mensalmente, não morria. E todos estavam cientes de que todo o necessário para que a vida fosse mantida, vinha direta ou indiretamente da Terra.
Ao notar que a gravidez humana durava dez luas (lunações) e ainda, o período de colheita também obedecia a um ciclo de 13 lunações, estabeleceram conexão da mulher com a Lua.

A Deusa Lua passou a ser cultuada em três aspectos: a Donzela, que corresponde à Lua Crescente, a Mãe que corresponde à Lua Cheia, e a Anciã, expressa o simbolizando a na Lua Minguante.

A donzela significa o início, tudo o que vai crescer, o apogeu da juventude, as sementes plantadas que começarão a germinar, a Primavera, os animais no cio e seu acasalamento. Ela é a Virgem, não só fisicamente, mas em todo potencial de iniciar e chegar à auto-suficiência.

Como Deusa Mãe ela atinge sua plenitude. Significa abundância, proteção, procriação, nutrição ; os animais parindo e amamentando, as espigas maduras, a prosperidade, a idade adulta. Ela é a Senhora da Vida, a sua face se apresenta em plenitude.

Por fim, como Deusa Anciã, é a Mulher Sábia, aquela que atingiu a menopausa e não mais verte seu sangue, tornando-se assim mais poderosa por isso. Simboliza a paciência, a sabedoria, a velhice, o anoitecer. A Anciã também é a Deusa em sua face Negra da “ceifeira”, a Senhora da Morte, fechando e perpetuando o eterno ciclo dos renascimentos. A Senhora da Sombra, a Guardiã das Trevas e Condutora das Almas é essencial em nossos processos vitais. 

17 de nov de 2010

Estudo liga uso prolongado de paracetamol e outros analgésicos na gravidez a malformações em meninos

O uso prolongado de paracetamol e outros analgésicos durante a gravidez pode trazer riscos à saúde de  bebês meninos, segundo especialistas.
 
A criptorquidia afeta um em cada 20 meninos na Grã-Bretanha

Um estudo feito por cientistas da Dinamarca, Finlândia e França vinculou a ingestão desses medicamentos a um maior número de nascimentos de bebês com criptorquidia. Bebês que nascem com esse distúrbio – também conhecido como testículo ectópico – apresentam o testículo escondido ou fora do lugar. A  criptorquidia está associada à infertilidade e ao câncer no final da vida.

De maneira geral, a orientação médica para mulheres grávidas é que, quando possível, evitem tomar  analgésicos.

(Reportagem de Michelle Roberts, da *BBC News*, com informações adicionais do EcoDebate.)

O novo estudo, publicado na revista científica Human Reproduction, levou especialistas a pedir que mais  pesquisas sobre o assunto sejam feitas o quanto antes. Eles recomendaram às mulheres grávidas, no entanto, que o uso de analgésicos para uma dor de cabeça ocasional não deve causar mal ao bebê.

O serviço nacional de saúde britânico, o NHS, aconselha que mulheres evitem tomar remédios durante a  gravidez, mas permite o uso do paracetamol em doses pequenas e durante períodos curtos para aliviar a dor.

Mais da metade das mulheres grávidas na Europa e nos EstadosUnidos admitiram tomar analgésicos  moderados.

Estudo:
Mais de duas mil mulheres grávidas e seus filhos participaram do novo estudo.

Os pesquisadores concluíram que as mulheres que usaram mais de um analgésico simultaneamente, como por exemplo o paracetamol e o ibuprofeno, apresentaram sete vezes mais riscos de ter filhos com algum tipo de criptorquidia do que as mulheres que não tomaram nenhum analgésico.

O segundo trimestre, de 14 semanas a 27 semanas de gestação, pareceu ser um período particularmente  sensível.

Riscos Maiores

O uso de qualquer analgésico nessa fase da gravidez foi associado a um risco dobrado de nascimentos com criptorquidia. Outros tipos de analgésicos, como o ibuprofeno e a aspirina, foram vinculados a riscos quatro vezes maiores.
O paracetamol usado sozinho também pareceu aumentar os riscos, mas o resultado foi pouco significativo em termos estatísticos.
O uso simultâneo de mais de um analgésico, incluindo o paracetamol, durante o segundo trimestre da gravidez, aumentou os riscos 16 vezes.
Tomar analgésicos por mais de duas semanas também pareceu aumentar os riscos significativamente.

Os pesquisadores suspeitam de que analgéscos interferem na atividade natural dos hormônios masculinos em fetos de meninos, atrapalhando seu desenvolvimento normal. 
Estudos feitos em ratos parecem reforçar essa teoria. O cientista Henrik Leffers, do Rigshospitalet, em Copenhague, liderou o estudo.

“A exposição a perturbadores endócrinos é o mecanismo por trás de um aumento em problemas  reprodutivos entre jovens do sexo masculino no mundo ocidental”, disse Leffers.

“Esse estudo sugere que atenção particular deve ser dada ao uso de analgésicos suaves durante a gravidez, já que isso pode ser uma razão importante desses problemas”.

Apesar de algumas limitações do estudo – por exemplo, algumas mulheres podem não ter lembrado com precisão o número de vezes que tomaram analgésicos – os pesquisadores dizem que suas descobertas indicam que o tipo de aconselhamento dado a mulheres grávidas quanto ao uso de analgésicos deve ser reconsiderado.
Eles solicitaram que sejam feitas mais pesquisas sobre o assunto.

Repercussão

Allan Pacey, especialista em andrologia da Universidade de Sheffield, no norte da Inglaterra, disse: “Há  algum tempo os cientistas se preocupam com a possibilidade de que a exposição da mãe a substâncias  químicas durante a gravidez cause problemas de reprodução em bebês meninos”.

“Entretanto, há relativamente poucos exemplos concretos e muito do trabalho feito até hoje é de fundo  teórico”.
“Isto torna esses estudos um tanto quanto alarmantes, já que eu divido que alguém suspeitasse de que  analgésicos comuns pudessem ter esses efeitos”, disse Pacey.
“Claramente, é prioritário que mais pesquisas sejam feitas”.

O médico Basky Thilaganathan, da Faculdade Real de Obstetrícia e Ginecologia da Grã-Bretanha, disse que as revelações precisam ser interpretadas com cuidado.

Ele explicou: “o estudo mostra uma associação em vez de uma relação causal. É possível as mães tenham  tomado esses analgésicos por causa de alguma doença, por exemplo, uma infecção viral, durante a gravidez. Essa (infecção viral) pode ter sido a causa real dos problemas.”


O estudo “/Intrauterine exposure to mild analgesics is a risk factor for development of male reproductive disorders in human and rat/” está disponível para acesso integral no formato HTML e PDF. Para acessar no formato HTML clique *aqui*.

Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradecemos e faremos a devida correção. Solicitamos também que, ao ser extraída qualquer informação desta página, seja adicionada à devida autoria ou endereço:
http://clafilhasdalua.blogspot.com/