11 de abr de 2008

Ix Chel


Ix Chel, frequentemente designada como often called "Dama do Arco-Iris", era a Deusa da Lua para o povo Maia. Os Maias conectavam-na com as fases da lua e os acontecimentos na vida das pessoas.
Em determinadas imagens ou estátuas feitas em Sua honra, Ix Chel é representada vestida com uma saia com ossos cruzados sobre ela. Ela transporta uma serpente nas suas mãos ou na sua cabea. Igualmente, ela transporta uma taça de água que vira sobre a terra enviando fortes chuvas e poderosas tempestades. Ix Chel era adorada pela proteção às tecedeiras e mulheres durante o parto.
Ela é a Terra Mãe, o Útero, a Caverna da Vida. Apartir dela, a vida nasce e a Ela retornará. Ela é a guardiã dos ossos e das almas após a passagem. Ix Chel é a fertilidade de toda a vida e a continuação de toda a vida, Ela é o mistério e a alegria da nossa sexualidade feminina, e a protetora de todas as crianças. Ix Chel é a curadora, a Deusa da Medicina, que conhece todos os dons de cura da Terra e dos seus Filhos. O seu método de ensinamento e de cura manifesta-se pela forma como conforta os doentes ou aqueles que sofrem.
Ix chel é a energia de todas as águas, o ingrediente vital da nossa vida. O seus dons nutrem as chuvas e as águas cristalinas dos rios. Como na Árvore da Vida, o leite sai dos seus seios, tal como o sangue do seu útero.
Os Maias subiam a Pirâmide como a montanha de lx Chel onde ela reina como a serpente emplumada de energia de transformação. O seu totem é a serpente, que perde a sua pele e continuamente renasce. O seu colo é o trono de autoridade e poder do Jaguar vermelho.
Ix Chel mostra-se frequentemente com um coelho que simboliza o seu dom de abundância e fertilidade. Ela é a jovem noiva com a vida florescendo assim como a anciã de sabedoria, deitando as águas da vida a partir do seu caldeirão.
Ix Chel é observada como a inspiração criativa para artistas e artesãos. Ela tece a teia da vida e é matrona das tecelãs. O seu simbolo é a lua e move-se através dos ciclos de limpeza e escuridão. Ix Chel espelha os mistérios do corpo feminino e dos nossos ciclos sanguíneos.

Nenhum comentário:

Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradecemos e faremos a devida correção. Solicitamos também que, ao ser extraída qualquer informação desta página, seja adicionada à devida autoria ou endereço:
http://clafilhasdalua.blogspot.com/