13 de jun de 2010

O Inverno segundo Léo Artése


O inverno chega para renovar as esperanças, trazer novas promessas de realização. O momento de purificação e renascimento. O vento frio purifica e limpa a Terra. Faz com que as pessoas fiquem mais em casa, mais para dentro, a fim de manter o calor.
É associado à velhice, aos anciãos (os sábios e ancestrais tinham seus cabelos brancos como a neve do inverno). É ligado ao Corpo Mental, ao pensamento, à reflexão. A hora do dia é a meia-noite. É o local de preces e de agradecimento. É o local da honra, o melhor para conexão com nossos ancestrais xamânicos e seres extra terrestres).
No inverno tudo parece estar meio adormecido, congelado, mas, na verdade, grandes crescimentos estão ocorrendo. As sementes que estavam dentro da Terra começam a se enraizar. O crescimento é para dentro. Esse crescimento interior, essas raízes é que permitirão à planta desabrochar na primavera.
O inverno é para desacelerar, reduzir a velocidade e aprendermos a entrar na escuridão e quietude de nossos sonhos.
Na estação inverno, nossos corpos não se movimentam tanto quanto no outono e nem como se movimentarão na primavera e verão. Assim vamos buscando a sabedoria e calor do espírito para trazê-los para dentro de nós.
Aproveitamos o inverno, para compartilhar mais em casa nossas experiências e ensinos, avaliamos nossas realizações e propósitos, praticamos a paciência e nos preparamos para as mortes e renascimentos.
Estudando a Roda Medicinal (Medicine Wheel) dos nativos norte-americanos, fui inspirado a adaptá-la para as realidades ecológicas do Hemisfério Sul. Nessa adaptação o inverno é associado à Direção Sul. O Sul é a parte mais gelada de nosso Hemisfério (Pólo Sul). O Sul é o local da doação, é o portal da sabedoria, do conhecimento, do intelecto.
O Corpo Mental é visto como uma mente invisível que pode ir a qualquer lugar , não é presa pelo racional e o conhecimento, é aquilo que pode ser transformado em sabedoria.
Na metáfora da Terra sendo renovada e purificada pelo inverno, podemos transformar os acontecimentos em experiência de vida, nos preparando para períodos de crescimento. Época para libertar de velhos padrões negativos de comportamento, preparar-se para pequenas mudanças e para as mudanças maiores que virão. A energia do inverno ajuda as pessoas a atingirem uma compreensão de suas próprias vidas, a ter a aceitação do que elas alcançaram ou não.
O inverno é a estação propícia para a paz, para recuperar o poder, perdoar, ter compaixão por tudo à sua volta. É a estação da ressonância harmônica ensinando que além de se harmonizar, você pode levar harmonia, fraternidade, caridade, onde quer que vá, praticando a boa vontade para com toda a humanidade.
O inverno representa os buscadores de conhecimentos que nos oferecem novas visões da humanidade e também os sábios e anciões que serviram-nos de inspiração através dos tempos. Celebra a alegria de pertencer, o valor do vínculo familiar e dos relacionamentos. Marca um tempo para fazer ajustes, da purificação da intenção, a preparação da chegada da primavera e a transição para um novo ciclo de atividades da Roda do Ano.
Para alguns nativos americanos o “Animal Totêmico” do inverno é o Búfalo Branco. No período do Inverno, o Búfalo Branco, solta uma grande quantidade de fumaça branca, simbolizando a fumaça do Cachimbo Sagrado, instrumento de preces e ação de graças. É através da fumaça do cachimbo que eles enviam suas preces ao Grande Espírito. 
 O inverno oferece a energia para revermos tudo aquilo que aprendemos em nossa vida, para incorporar os conhecimentos da Fonte Superior e entender melhor a vida na Terra. Momento para melhor escutar e compreender e integrar palavras, pensamentos e atos.
O conhecimento é aquele que provê respostas para as questões: que, quem, onde e como; e a sabedoria responde o por quê. De nada vale um conhecimento a serviço da vaidade ou somente para estimular a mente. Ele só tem validade se é transformado em sabedoria através do amor.
Com o inverno chega a noite mais longa do ano e o início do período de “Regeneração da Terra que contém em si a semente da luz e proporciona um grande momento para vislumbrar o futuro, ativar as sementes de novos planos e preparando-as para o nascimento.
Segundo os ensinamentos da Roda Medicinal, os 3 portais dos caminhos espirituais do inverno, um conjunto de práticas de virtudes, que influenciam nosso corpos (corpo, mente, emoções, alma) são:

Limpeza

No nível físico limpeza é desintoxicar o corpo. Principalmente da bebida, comida, cigarros, remédios. Adotar práticas saudáveis para manter o corpo limpo. No nível mental serve para livrar-se de velhas idéias, idéias repetitivas, limitantes. Limpar a mente de preconceitos, bloqueios, formas de pensamento inadequadas, negativas, pessimistas. No nível começa a trabalhar emoções que estão bloqueadas e abrir os sentimentos das pessoas, limpar nossos lixos emocionais, mágoa, culpa, etc. No nível espiritual fortalece o conceito do que é Sagrado, para limpar conceitos obsoletos, e para queimar as máscaras atrás da qual se escondem problemas e impurezas.

Renovação

O corpo físico recebe a energia para melhorar a saúde, colocar-se em boa forma e restabeler o equilíbrio energético No nível mental inspira a ter atitudes mentais saudáveis, para ter novas idéias ou reestruturar as antigas. No nível emocional inspira a auto-estima, o amor-próprio. No nível espiritual facilita a conexão com a base de nossas crenças espirituais, a formular nossas próprias cerimônias, para focalizar a espiritualidade. Renova nossa crença na bondade de toda a vida. Estimula as habilidades psíquicas e proféticas e lembranças de outras vidas.

Pureza

No corpo físico, procurar por alimentos puros, integrais, respirar bem, atitudes saudáveis, purificar o corpo. No mental é olhar para o mundo com os olhos de uma criança. Livrar-se dos preconceitos, sarcasmos, julgamentos, fofocas, intrigas. No nível emocional é praticar a honestidade, a espontaneidade, receptividade, integridade, buscar de equilíbrio e auto-realização. No espiritual é nosso encontro com o Eu Superior, com a alma. Buscar Essência Divina e confiar mais.
A Roda Medicinal marca também as luas do período de Inverno. As luas do inverno inspiram a contemplar a vida e seus paradoxos e sobre a morte. É tempo de aprender a ter paciência. Época em que as habilidades psíquicas e místicas estarão bem acima da média. Para contemplarmos os presentes que a vida nos deu, praticar doações. 

Nenhum comentário:

Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradecemos e faremos a devida correção. Solicitamos também que, ao ser extraída qualquer informação desta página, seja adicionada à devida autoria ou endereço:
http://clafilhasdalua.blogspot.com/