4 de fev de 2008

A Força do Círculo


Neste período em que as pessoas festejam o Aval da Carne (Carnaval) fiquei no aconchego do meu lar me dedicando à organização dos trabalhos dos Clãs e a este espaço que pretendo dividir com àqueles que dançam juntos ou àqueles que dançam sós!

Venho dançando o sonho nos Círculos Femininos... este trabalho grandioso que vem despertando meu Ser a cada encontro e a cada canção.
Desde que passei a participar de encontros e vivências do Feminino a sensação é de estar cada vez mais próxima de Casa, é um Retorno ao Lar. Digo que este trabalho é Libertador porque assim foi para mim. E desde então, assumi um compromisso de colaborar com este trabalho. Hoje desenvolvo Círculos Femininos e continuo participando deles, porque o Círculo não tem início nem fim, é um Círculo dentro de outro Círculo, dentro de outro Círculo... é a linda aspiral da Deusa que sobe e desce em seu movimento serpentiado, que nos dá força e visão. "Estar em um Círculo nos leva a estar em outros" (Jean Shinoda Bolen).
No Círculo sou o sonho e sou a sonhadora, sou a teia e quem a tece...
Busco ao meu espírito, na paz do Grande Espírito, e honro o Ventre da Grande Mãe a cada mulher que se re-uni a mim no Círculo.
O trabalho dos Círculos Femininos é baseado na iniciativa Milionésimo Círculo. O Milionésimo Círculo é uma organização voluntária internacional de mulheres que acredita que círculos são os meios pelos quais a consciência do mundo mudará. A nossa proposta é de, por meio do autoconhecimento, promover as mudanças pessoais e conseqüentemente mudar nossas relações e o ambiente à nossa volta.
Mitakuye Oyasin (somos todos irmãos)
Ana Eçaí

Nenhum comentário:

Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradecemos e faremos a devida correção. Solicitamos também que, ao ser extraída qualquer informação desta página, seja adicionada à devida autoria ou endereço:
http://clafilhasdalua.blogspot.com/