31 de mai de 2010

Tempos de mudanças...

Olá amadas,
Tempos fortes de mudanças... chega um momento na vida que você não tem escolha... é "muda ou... muda". E estamos toooodos passando por um período deste, estamos sendo chamados a mudar, seja internamente ou externamente, seja de comportamento ou de paradigma... seja de emprego, de profissão, de marido, de estilo, de residência, de curso acadêmico, de cidade, de sócio, de partido político, de de de... são tempos de mudanças.
E eu (bem metida) não poderia ficar fora disso, claroooo... Estou de mudança para Porto Alegre e por isso encerrando as atividades no CICC PAZ, em Esteio/RS. No dia 22 de maio tivemos uma linda oficina de tambores xamânicos com Marcelo Caiuã e Cândi Buchert, trabalho maravilhoso e digo: Encerramos com chave de ouro!

Vou circular por alguns espaços da região... estarei atendendo no Espaço Sete Dimensões, da nossa amiga Rosí, onde a Ana Marafigo já atende e estarei realizando atividades no Espaço Rapa Nuy, das nossas irmãs Neiti e Tatiana Almeida.
O projeto CASA DA LUA está sendo acolhido pelo Rapa Nuy bem como os Círculos da Lua Nova realizados por mim. Logo logo dou mais notícias.

Sete Dimensões:
Av. Dom Pedro II, 1220, sala 216 - Higienópolis - Porto Alegre
Fone: (51) 33743148

Rapa Nuy
Rua Delfino Riet, 116 - Santo Antônio - Porto Alegre
Fone: (51) 32352124

Abaixo compartilho um texto de Carlos Maltz que explica um pouquinho este período:

07/AGOSTO/2010 – O FIM DE UM MUNDO?
www.carlosmaltz. com

Como você já deve ter percebido, 2010 começou forte. Parece que a Natureza “ligou o turbo”. No consultório, voltei de um mês de férias e encontrei a maioria das pessoas vivendo uma aceleração radical em seus processos existenciais. Em português simples e claro: “o bicho tá pegando”.

E a Astrologia, esta velha senhora, o que tem a nos dizer nesse momento? Ela pode nos auxiliar de alguma forma a compreendermos e nos posicionarmos melhor em relação ao que está acontecendo, e ao que há de vir?

Do alto de seus 5.000 anos de idade, dona Astrô não se abala muito com pouca coisa. Já viu impérios outrora indestrutíveis virarem ruínas...
Já viu civilizações que antes ditavam as regras, virarem pontos turísticos... Viu demônios virarem santos, santos virarem demônios, metalúrgicos virarem presidentes, astros do rock virarem astrólogos, políticos outrora muito populares virarem Judas... Enfim... Ela já viu de tudo... E sabe que “a vida vem em ondas como o mar”... Vem e vai... Vai e vem...

Dona Astrô pode nos auxiliar muito num momento desses, em que a corda está esticando. Pode nos lembrar de que isto é um ciclo, e que os ciclos têm a sua natureza, necessidade e duração.

E que ciclo é esse?

Teremos em 2010, mais precisamente no final de Julho de 2010, um alinhamento que (felizmente) não acontece todo momento.

Urano, planeta regente do signo de Aquário, um dos três “deuses da mudança”, geralmente associado à processos de quebras e rupturas radicais em modelos vigentes, completa uma volta e chega ao primeiro grau de Áries, que é também o primeiro grau de todo o Zodíaco. Só isto, já é um acontecimento astrológico significativo, que marca um momento de renovação.

Junto á Urano, vem Júpiter, considerado pelos antigos, como o grande “benéfico” do Zodíaco, também está associado á avanços em paradigmas ideológicos.

No início de 1762, os dois astros estavam alinhados no primeiro decanato do signo de Áries. Este ano é marcado pelo inicio da guerra entre Espanha, maior potência naval da época, e a Inglaterra, que passaria a ser a nova potência maior. O grande império ibérico caminhava para o fim, e o nascente império anglo-saxão começava a despontar.

Em 1845, Urano e Júpiter encontraram- se mais uma vez nos primeiros graus de Áries. Naquele ano, o parlamento britânico promulgou a “Lei Aberdeen”, que foi um passo decisivo para a futura libertação dos escravos, evento que também, sem dúvida nenhuma, foi paradigmático para os padrões da época, e iniciou um novo ciclo para a humanidade, visto que teve um impacto profundo nas relações sociais e econômicas dali para frente.

Em Julho de 1927, novamente Urano e Júpiter chegavam aos primeiros graus de Áries. Aquele foi um ano marcado pela primeira travessia sem escalas do Atlântico, realizada por Charles Lindbergh em seu “Spirit of Saint Louis”. Evento que sem dúvida deixou o mundo muito “menor” do que era até então. Aquele ano também foi marcado por acontecimentos políticos radicais que tiveram importância capital nos desdobramentos futuros. Em Agosto, uma revolta do exército chinês dá origem ao que viria ser o “Exército Vermelho”, que teve papel fundamental na revolução que transformou a face e a história daquele antigo país, e está na base do peso que ele tem hoje no planeta. Naquele mesmo ano, Benito Mussolini promulga a “carta do trabalho”, que transforma a Itália em estado corporativo, e abre as portas para o Fascismo, e Josef Stálin, após expulsar León Trotsky, torna-se líder absoluto do PC e da URSS. Novamente, um mundo estava terminando, e outro estava começando.

Como podemos ver, este alinhamento marca o início de uma mudança radical. As pessoas estão fazendo barulho á respeito de 2012, mas na verdade, o mundo acaba mesmo, é em 2010. Pelo menos o mundo tal qual o conhecemos até aqui.

O céu de 2012 não apresenta nenhum aspecto astrológico radical. Nenhum que chegue próximo ao que teremos esse ano.

Se não bastasse o encontro de Júpiter e Urano em Áries, que como vimos, marca novos momentos politico-ideoló gicos, temos ainda a posição de Saturno, senhor do tempo e das colheitas nos primeiros graus de Libra, fazendo uma “oposição” exata á conjunção Júpiter-Urano. E Saturno não está só. Com ele vem Marte, como todos sabem, o senhor da guerra. Se isso tudo não bastasse, Plutão, outro “deus da mudança”, implacável e compulsivo, faz uma “quadratura” á esse povo todo, nos primeiros graus de Capricórnio, outros signo “Cardinal”.

O céu está pesado. De todas as conjunções anteriores que eu citei, essa é, sem dúvida, a mais tensa e a mais radical. O velho e o novo estão cara-a-cara para um confronto que já se anuncia há uns três anos. E agora não tem mais como “empurrar com a barriga”, “não tem mais pra onde correr”.

O que está vindo pela frente?

Quem tiver olhos, verá... Um velho mundo morrendo, e um outro, novo,nascendo...

Todos já estamos sentindo a onda gigante de renovação que está chegando...

As mudanças acontecem em todos os níveis: no planeta, em nosso país, aqui no DF e também, como não poderia deixar de ser, em nossos lares, consciências e em nossas vidas. Todos gostam de mudanças planetárias, mas quase ninguém gosta quando elas começam a acontecer em nossas vidas, de verdade.

Quase todos nós, conscientes disto ou não, admitamos isto ou não, somos apegados aos modelos e estilos de nossas vidas, por mais deficientes e causadores de sofrimento que eles sejam. Faz parte de nossa natureza.Somos todos, mais ou menos conservadores. Basta ver quando algo realmente novo chega a Terra, a reação contrária que causa, e a pouca adesão que conquista, num primeiro momento.

O Cristianismo hoje é uma potência política e econômica, influindo em governos, movimentando bilhões e capitaneando guerras. Mas no começo,
se limitava a doze pessoas, e durante quinhentos anos, ser simpático a esta idéia era motivo bastante para mandar alguém ser almoço dos leões.

Só que tem momentos, que é mudar ou mudar. E esse é um desses momentos.

Todo esse transtorno e esse “rebuliço” em nossas vidas são as mudanças chegando e batendo na porta dos nossos velhos estilos de vida, que se defendem como podem. Com unhas e dentes, como Saturno e Marte sinalizam.

Será que estamos dispostos a mudar? Será que sabemos o que precisamos mudar? Ou será que ainda estamos pensando que os problemas em nossas vidas são causados pelo ex, pela ex, pelos filhos, a sogra, pelo Lula, pelo Arruda, por nossos inimigos, Deus, o diabo, etc.?

A Tsunami da transformação planetária está batendo na praia. Ou pegamos essa onda e vamos com força para a frente, ou ela nos pega e quebra a espinha dorsal de nossas resistências. A hora de mudar é agora. Se a sua vida já está de pernas para o ar e você não está dando conta sozinho, procure ajuda. Um médico, padre, psicólogo, terapêuta, astrólogo, um amigo de verdade... Enfim, alguém que possa te ajudar a se enxergar, que nós não viemos equipados de fábrica com espelho retrovisor. Somos todos muito hábeis para enxergar cisco no olho do irmão, e cegos para ver a trave em nosso próprio olho...

Boa sorte
amigos, e coragem... Toda força à frente que o novo nos espera... E sua urgência ruge...
Carlos Maltz





Certas mamadeiras de plástico podem fazer mal à saúde do bebê

Pesquisas recentes revelam que um tipo de plástico muito usado em mamadeiras pode provocar doenças.

Atenção, mães e pais! Se vocês têm filhos que usam mamadeiras, fiquem de olho nesta reportagem: pesquisas recentes revelam que um tipo de plástico muito usado em mamadeiras pode provocar doenças. Quem explica é a repórter Flávia Cintra, que estreia neste domingo (16), no Fantástico.

Quem é mãe sabe: diante de tantas opções, como escolher a mamadeira do seu filho? “Pela cor, porque é menininho. Eu sempre compro azul”, diz uma jovem. "Eu procuro alguma semelhante com o bico do seio", comenta outra. "Eu gosto de uma que abre em baixo, porque aí eu lavo, coloco para esterilizar", diz mais uma.

Mamadeira de plástico ou de vidro? "Eu compro de plástico", cita outra mãe. "Prefiro mamadeira de vidro", comenta mais uma.

A mamadeira de plástico é motivo de preocupação em vários países. Pesquisas mostram que, em determinadas condições, o plástico pode liberar uma substância prejudicial às crianças. A substância é o bisfenol A, também conhecida como BPA.
No começo do ano, o departamento americano que controla remédios e comidas passou a orientar as famílias a tomarem cuidado com o plástico na preparação da alimentação infantil. Essa notícia pegou muitas mães de surpresa, gerando muitas dúvidas e preocupações. Por isso, o Fantástico reuniu três mães – a Andréia, a Rosana e a Mônica – com o doutor Anthony Wong.
Quanto mais nova for a mamadeira, maior a quantidade de bisfenol ela desprende? "Sim. Quanto mais nova a mamadeira. Se essa mamadeira for de plástico e conter bisfenol A, certamente quanto mais nova a mamadeira maior quantidade dessa substância”, explica Wong.
Assim como nas mamadeiras, as chupetas fabricadas com BPA ou bisfenol também podem fazer mal à saúde. “Existem sete classificações internacionais para o plástico. O 1 a 6 não têm BPA. O maior risco é grupo 7”, diz Wong.

Dicas para as mães
Preste atenção: o número 7, que indica presença de bisfenol , normalmente aparece dentro de um triângulo, na parte de baixo de produto. Anote outras dicas importantes: pratos e potes plásticos também podem conter bisfenol A. Por isso, aqueça os alimentos em recipientes de vidro ou cerâmica. Não ferva nem lave a mamadeira com água quente. Basta detergente e água fria.
As indústrias estão proibidas de fabricar mamadeiras com esse tipo de substância no Canadá, Costa Rica e Dinamarca. Na França, o Senado aprovou a proibição em caráter provisório. Nos Estados Unidos, o bisfenol A foi proibido nos estados do Illinois e em Minnesota. Outros estados americanos debatem o assunto.
"Existe sim relação entre o BPA e câncer", afirma Sarah Vogel, doutora em química pela Universidade de Columbia. "Quanto mais jovem, maior o grau de exposição", completa.
As pesquisas sobre os efeitos do bisfenol em seres humanos ainda não são conclusivas e dependem de novos estudos, mas os dois médicos ouvidos pelo Fantástico afirmaram que não há motivo para pânico.
"Eu acredito que não é um motivo de alarme para as pessoas, mas simplesmente uma forma de você ficar atento. Você esquenta num lugar passa para o outro e acabou”, afirma Paulo Saldiva, do Laboratório de Poluição Atmosférica da Universidade de São Paulo (USP).
“A prática de aquecer o leite em outro frasco, que não seja de plástico, passar para a mamadeira e dar imediatamente para a criança ameniza o problema?”, pergunta uma mãe.
“Sem dúvida. Você deixa esfriar um pouquinho e depois transferir para a mamadeira numa temperatura ambiente, o risco de eluição, a saída do BPA do plástico para o leite ou para o líquido lá dentro, é praticamente zero”, explica Wong.

Uma última dica dos médicos: amamentar no peito é sempre melhor do que qualquer tipo de mamadeira.

"Se possível, até 1 ano de idade. Exatamente porque o leite materno sai diretamente, realmente está isento não só de bisfenol, como de um monte de outros contaminantes. Além de fornecer à criança anticorpos que protegem contra doenças tão graves da infância”, conclui o médico.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informa que, no Brasil, o limite é de 0,6 miligrama de bisfenol para cada quilo de plástico. Em nota enviada ao Fantástico, a Anvisa diz que acompanha a discussão internacional sobre o bisfenol, e que considera seguro para o ser humano o limite vigente no país para essa substância.

Assista o vídeo na página do Fantástico.


Enfim a Globo, nossa grande educadora nacional (sic), tangencia o tema que é o tópico quente em todo o mundo, minimamente informado!
É claro que no final a opinião das áreas da saúde ainda têm dúvidas (científicas???) e dão o abrandamento de que a "dose" que temos aqui é perfeita e maravilhosa e que está totalmente dentro dos padrões de "resguardar" a saúde de todos! No entanto, parece que outros países não acham assim e baniram simplesmente a substância, pelo menos nas mamadeiras e outros ...  (Jacques Saldanha)
Quem quiser ter mais dados acesse o site do Jacques www.nossofuturoroubado.com.br e vá na busca interna da página e coloque as palavras "BPA" ou "Bisfenol A". Terá a visão do que corre pelo mundo a respeito desta molécula (que não está só nas mamadeiras e bicos, mas também, em tudo o que tem policarbonato e epoxi).

30 de mai de 2010


"O FEMININO E O SAGRADO - Mulheres na jornada do herói"

 Obra de Beatriz Del Picchia e Cristina Balieiro

A história da humanidade e os mitos que a representam obedecem a uma ordem em que prevalecem valores e formas de pensamento nos quais homens e mulheres têm papéis distintos. Nesse universo, quem parte em jornada é o homem: a ele cabe o papel de herói. No livro O feminino e o sagrado – Mulheres na jornada do herói, as autoras criam uma nova versão, em que mulheres reais e contemporâneas são as heroínas dessa trajetória. Elas relatam a vida de quinze mulheres que, em busca da própria identidade, encontraram uma dimensão sagrada. Na obra, o termo “sagrado” não tem sentido estritamente religioso, mas denota aquilo que dá um significado especial à existência.        
O fio que liga os relatos é a análise de Joseph Campbell a respeito da Jornada do Herói, modelo mitológico que une a moderna busca da individualidade com a antiga busca da espiritualidade. “Encontramos na vida real uma relação direta com o mito. Dessa forma, mesclamos a vida com o mito e o mito com a vida. O próprio trabalho de elaboração desse livro também foi uma jornada”, explicam as autoras.
Foram entrevistadas mulheres de diversas crenças e profissões, como uma budista, uma xamã, uma médium, psicoterapeutas, uma vereadora, uma atriz e uma dançarina, entre outras. São elas: Ana Figueiredo, Andrée Samuel, Bettina Jespersen, Heloisa Paternostro, Jerusha Chang, Maria Aparecida Martins, Monica Jurado, Monika von Koss, Neiva Bohnenberger, Regina Figueiredo, Renata C. Lima Ramos, Rosane Almeida, Sandra Sofiati, Solange Buonocore e Soninha Francine.
***

O livro foi editado pela Ágora  e foi lançado dia 24 de março na Livraria Cultura do Bourbon Shopping de São Paulo.
Beatriz Del Picchia é arquiteta, estudiosa de Joseph Campbell, mitologia e espiritualidade. Escreve crônicas para a revista virtual MundoMundano  e é uma das coautoras do livro Circunvago (Demônio Negro, 2008).

Cristina Balieiro é psicóloga formada pela PUC-SP, psicoterapeuta junguiana e orientadora de círculos de mulheres. Estuda a obra de Joseph Campbell, bem como a mitologia e as questões do feminino.
Para ler as primeiras páginas do livro, acesse o endereço http://www.gruposummus.com.br/indice/20071.pdf. (Para visualização do arquivo PDF, é necessário ter instalado o software Adobe Acrobat Reader em seu computador. Caso não tenha, clique aqui para efetuar o download do software gratuitamente direto do Site da Adobe.)
Atendimento ao consumidor: loja@gruposummus.com.br

28 de mai de 2010

O mundo sem mulheres!

(Arnaldo Jabor)

O cara faz um esforço desgraçado para ficar rico pra quê?
O sujeito quer ficar famoso pra quê?
O indivíduo malha, faz exercícios pra quê?

A verdade é que é a mulher o objetivo do homem.
Tudo que eu quis dizer é que o homem vive em função da mulher.Vivem e pensam em mulher o dia inteiro, a vida inteira.
Se a mulher não existisse, o mundo não teria ido pra frente.
Homem algum iria fazer alguma coisa na vida para impressionar outro homem, para conquistar sujeito igual a ele, de bigode e tudo.
Um mundo só de homens seria o grande erro da criação.
Já dizia a velha frase que 'atrás de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher'.
O dito está envelhecido. Hoje eu diria que 'na frente de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher'.
É você, mulher, quem impulsiona o mundo..
É você quem tem o poder, e não o homem
É você quem decide a compra do apartamento, a cor do carro, o filme a ser visto, o local das férias.
Bendita a hora em que você saiu da cozinha e, bem-sucedida, ficou na frente de todos os homens.
E, se você que está lendo isto aqui for um homem, tente imaginar a sua vida sem nenhuma mulher.
Aí na sua casa, onde você trabalha, na rua. Só homens.
Já pensou?
Um casamento sem noiva?
Um mundo sem sogras?
Enfim, um mundo sem metas.
ALGUNS MOTIVOS PELOS QUAIS OS HOMENS GOSTAM TANTO DE MULHERES:

1- O cheirinho delas é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu.
2- O jeitinho que elas têm de sempre encontrar o lugarzinho certo em nosso ombro, nosso peito.
3- A facilidade com a qual cabem em nossos braços.
4- O jeito que tem de nos beijar e, de repente, fazer o mundo ficar perfeito.
5- Como são encantadoras quando comem.
6- Elas levam horas para se vestir, mas no final vale a pena.
7- Porque estão sempre quentinhas, mesmo que esteja fazendo trinta graus abaixo de zero lá fora.
8- Como sempre ficam bonitas, mesmo de jeans com camiseta e rabo-de-cavalo.
9- Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio.
10- O modo que tem de sempre encontrar a nossa mão.
11- O brilho nos olhos quando sorriem.
12- O jeito que tem de dizer 'Não vamos brigar mais, não..'
13- A ternura com que nos beijam quando lhes fazemos uma delicadeza.
14- O modo de nos beijarem quando dizemos 'eu te amo'.
15- Pensando bem, só o modo de nos beijarem já basta.
16- O modo que têm de se atirar em nossos braços quando choram.
17- O fato de nos darem um tapa achando que vai doer.
18- O jeitinho de dizerem 'estou com saudades'.
19- As saudades que sentimos delas.
20- A maneira que suas lágrimas tem de nos fazer querer mudar o mundo para que mais nada lhes cause dor.


25 de mai de 2010

Soja - hipotiroidismo, infertilidade e câncer de mama

Olá lindas e encantadoras mulheres, hoje recebi da amiga Gisele de Menezes um email interessantíssimo e compartilho com vocês...

"Sou vegetariana e como intuitivamente, alimento meus filhos com comida simples. Já fui questionada várias vezes por não usar soja, as pessoas tem medo da "tal falta de proteína, nesses casos, nem discuto, indico o livro do professor Mario Sanchez - Jejum Curativo - ou do doutor Peribanez Gonzalez - Lugar de Médico é na Cozinha - Ainda, saibam que muitas mulheres estão chegando para o atendimento e me dizem que estão com problemas de Tireóide. Cuidado meninas! Fiquem atentas ao seu instinto, sintam e perguntem-se: Isso realmente é bom? Tem sabor agradável? Seu corpo sabe!" (Gisele de Menezes)

Sobre a Soja

entrevista com Sonia Hirsch (*)

(*) pesquisadora, jornalista e escritora especializada em promoção da saúde

NÃO COMA FEIJÃO DE SOJA

A soja é muito ácida. Só serve para comer depois de ser fermentada em forma de missô, shoyu, tempê e nato.

----

Sonia Hirsch, você agora é contra a soja?


Nunca fui a favor, a não ser nas formas fermentadas: misso, shoyu, tempê, natô. Já no meu primeiro livro, Prato feito, que é de 1983, aviso que a soja não deve ser consumida como feijão.

Mas seus livros dão muitas receitas de tofu.

Tofu é bom de vez em quando, porque parte da acidez da soja sai no soro. O tofu é feito de leite de soja talhado. Funciona muito bem para substituir o queijo quando a gente está querendo parar de comer laticínios, mas não dá para abusar. O mundinho natural e macrô adora, mas eu mesma como pouco, porque minha pele não gosta.

E a carne de soja? Você dá uma receita de picadinho de carne de soja
no Prato feito.

Essa receita foi uma exceção, é a única que você encontra em todo o meu trabalho. Está lá como uma homenagem ao Bira, cozinheiro macrô que morou muito tempo no Rio e ficou famoso pelo picadinho. Eu mesma já não gostava de carne de soja na época, início dos anos 80; achava aquele negócio muito esquisito. Mas o Bira fez o picadinho num evento do Circo Voador na Quinta da Boa Vista, a galera gostou e eu pensei: vou botar a receita, afinal ele merece... Depois fiz a autocrítica no próprio livro, a partir da décima edição. Demorou...

Mas afinal, por que você está revoltada com a soja?

Estou revoltada com o uso que estão fazendo dela. Porque o consumo liberal de soja é muito prejudicial à saúde, tanto em forma de comida e bebida quanto em fórmulas farmacêuticas para suplementação hormonal.

Prejudicial, como assim? A soja não é o tesouro da Ásia?

O cultivo da soja na Ásia é muito antigo, tanto que ela é um dos cinco grãos sagrados dos chineses, junto com arroz, trigo, cevada e painço; mas não para fins alimentares. Seu dom é agrícola. Por ser muito rica em proteínas, a soja, que é uma leguminosa como todos os feijões, é também muito rica em nitrogênio, elemento essencial para a fertilidade do solo. Plantar a soja entre as outras culturas e cortá-la quando as favas de feijão se formam, deixando-a apodrecer no solo, traz o maior benefício para a lavoura. Sem ela a terra se esgotaria. Como alimento, porém, ela tem inúmeros inconvenientes. Como todos os feijões, mas muito mais acentuados.

Os feijões são inconvenientes?

Hipócrates já dizia que os feijões são tão ricos em nutrientes que poderíamos viver só deles - se não fossem tão tóxicos. Por isso, recomendava comer os feijões em pequena quantidade e sempre acompanhados por algum cereal, para equilibrá-los. A uma pessoa doente, Hipócrates proibia os feijões. O dr. Barcellos, médico, em sua dieta contra o câncer e todas as alergias, proíbe os feijões todos. Inclusive o amendoim e os feijões verdes, como a vagem, a ervilha fresca, o petit-pois. Aponta como problema a qualidade extremamente ácida e tóxica das proteínas dos feijões. E realmente, se você pára de comer feijão as indisposições melhoram. Feijão é coisa para gente saudável!

Mas e a soja?

Então, a soja é o mais protéico de todos os feijões, por isso o mais tóxico. Hoje existem muitos estudos esclarecendo vários pontos. Um: a soja contém altos níveis de ácido fítico, ou fitatos, que reduzem a assimilação de cálcio, magnésio, cobre, ferro e zinco em adultos e crianças, prejudicando a saúde e o crescimento. E os métodos convencionais, como deixar de molho, germinar os grãos ou cozinhar longamente em fogo baixo, não neutralizam o ácido fítico da soja; somente a fermentação tem esse poder. Dois: a soja contém inibidores de tripsina que interferem na digestão das proteínas e podem causar distúrbios pancreáticos e retardo no crescimento. Três: desde 1953 é conhecido o impacto negativo das isoflavonas sobre a saúde humana. A esse respeito, você encontra uma lista de 150 estudos científicos que não podem ser ignorados em
www.westonaprice.org.

Mas as isoflavonas não são fitoestrógenos, bons para reposição hormonal?

Os fitoestrógenos da soja atrapalham as funções endócrinas, têm o potencial de causar infertilidade e de promover câncer de seio em mulheres adultas. São poderosos agentes inibidores da tiróide, causando hipotiroidismo e podendo provocar câncer de tiróide.

Nesse caso, as mulheres japonesas, que consomem tanta soja, não deveriam estar mal de saúde?

Pra começar, elas não consomem tanta soja; vivem muito mais de arroz, algas marinhas, vegetais, peixes e frutos do mar. Da soja usam basicamente missô, que é a massa fermentada e salgada de soja; shoyu ou tamari, que são molhos fermentados de soja; e nattô, que é o próprio feijão de soja fermentado, com gosto e sabor fortíssimos. Aqui, ao contrário, as pessoas estão usando qualquer coisa de soja achando que é bom - leite de soja, tofu, proteína de soja, extratos de soja. Uma japonesa obtém da soja uma média de 10 mg de isoflavonas por dia. As brasileiras estão ingerindo por dia 150 mg de isoflavonas (genisteína, genistina, daidzaína) em cápsulas, ou seja, dez vezes mais do que a média das japoneses consome.

Mas elas têm menos câncer de seios e ovários.

Sim, mas é porque a alimentação delas, como um todo, é menos rica em estrogênio e seus análogos do que a dieta ocidental, abundante demais em leite, laticínios, carne vermelha, frango e ovos, todos conectadíssimos ao surgimento de doenças crônicas e degenerativas.

E os milhões de crianças que se alimentam de leite de soja, correm algum risco?

Vários. Um deles é o desenvolvimento de distúrbios na tiróide. Não sei se você notou que há uma epidemia de problemas na tiróide hoje em dia. De onde vem isso? Do stress, mas também da alimentação. Um estudo mostra que bastam 30 g de tofu por dia, durante um mês, para causar problemas na tiróide.

Um ponto positivo parece ser a presença de uma forma de vitamina B12 na soja...

A vitamina B12 só existe nos organismos animais. A gente produz B12 dentro do corpo. Nos vegetais você a encontra em uma ou outra microalga, ou então em forma análoga. Acontece que os análogos da vitamina B12 que a soja contém não são absorvidos e ainda aumentam a necessidade de B12 no organismo. Pior: comidas à base de soja aumentam também a necessidade de vitamina D.

E a proteína da soja, serve para alguma coisa?

Não entendo por que alguém vai querer uma proteína tão desnaturada, já que é processada em alta temperatura até virar proteína isolada de soja, proteína vegetal texturizada. O processamento da proteína de soja resulta na formação da tóxica lisinoalanina e das altamente carcinogênicas nitrosaminas. Fora um conteúdo extra de alumínio em grande quantidade - e o alumínio é tóxico para o sistema nervoso, para os rins, para a medula óssea...

Você tem mais algum horror pra contar sobre a soja?

Só mais um: o ácido glutâmico livre, MSG, GMS, glutamato monossódico ou simplesmente glutamato de sódio, é uma poderosa neurotoxina formada naturalmente durante o processamento da soja. Estimula a tal ponto nossos receptores de sabor no cérebro que pode matar neurônios. São documentados os casos de morte súbita por excitotoxinas, outro apelido dessas neurotoxinas, entre as quais se inclui o aspartame. Ainda assim, esse derivado da soja está espalhado por inúmeros produtos industrializados (bem como o aspartame). E nos próprios alimentos à base de soja, mais glutamato é adicionado para realçar o sabor sem que seja preciso avisar no rótulo, já que se trata de um derivado "natural" da soja, então a lei dispensa.

Como se pode evitar o consumo de glutamato?

Lendo os rótulos, evitando produtos industrializados, preferindo comer o que está ainda na sua forma natural. E, num restaurante japonês, pedindo missoshiro sem ajinomoto, que é o próprio glutamato. Eles tentam recusar, porque a sopa de misso já está pronta, mas você repete com firmeza e eles preparam outra na hora. Não existe nada mais fácil, saudável e nutritivo do que uma missoshiro: o lado maravilhoso da soja.

E pensar que exsitem tantas mulheres fazendo tratamentos hormonais com a soja!
E os suquinhos de soja, leitinhos de soja, aspartame, glutamato (q tem em quase tudo q é industrializado), mamãe socoooorro!
Grata a Kennia e a Gisele que repassaram estas informações.

20 de mai de 2010

Olá queridas, peço que se coloquem em oração conosco amenizando os conflitos na Esplanada. Nossa irmã Liana Utinguassú nos passou o seguinte:

(Assistam o Vídeo)

Acabamos de receber mais UM Novo Apelo de nossos Parentes, do Parente Jairo Mozart (Guyrá Pirang) que agora mesmo nos disse que a situação na Esplanada é GRAVE DEMAIS! Tememos por uma Tragédia de proporções irremediáveis e Vidas em Grande Risco(Indígenas, Homens ,Mulheres, )Por favor, nos ajudem à repassar e pedir AUXÍLIO! Á RAU faremos o mesmo encaminhamento mostrando Vídeo de ontem que está abaixo.


Aguiyjevete
Liana Utinguassú

Urgente: Decisão do Coletivo do Acampamento Indígena

Cansado do silêncio da grande mídia sobre o movimento e da guerra suja promovida pelo governo federal, os 247 indígenas aqui hoje acampados decidiram que não vão mais esperar. Vão agir.

Ontem dois ônibus chegaram do Maranhão, daqui a alguns instantes chegam mais três ônibus, somando quase 500 indivíduos. Os indígenas não ficarão parados, vão agir. Daqui, da Esplanada dos Ministérios, sairá uma marcha cujo destino só será informado durante o trajeto.

Se a grande imprensa quer "notícias espetaculares", ela hoje terá. Peço que convoquem toda a imprensa para a segurança dos homens, mulheres e crianças que participam do protesto.

A concentração será entre 1 hora e 1 e meia na Esplanada, defronte ao Ministério da Justiça.

POR FAVOR, CONVOQUEM IMPRENSA!

Maiores informações com Carlos Pankararu (9256-4693/9626-5032),
Edinara Guajajara (98-8111-5140, 98-8111-5140) ou Júnior Xukuru (9247-9402).

Vídeo no Blog do Mércio Gomes: CLIQUE AQUI

Oração da Guerreira da Luz

18 de mai de 2010

A Mãe Divina tem à todos e todos tem à Mãe Divina



Música "Recado da Mãe Divina" de Chandra Lacombe
Assista este vídeo no You Tube

Perigo da Ração Humana

 Talvés muitas de nós esteja se alimentando com a "última novidade", a famosa Ração Humana... dê uma lidinha no que encontrei hoje no blog Medicina da Vida do Dr. Mauro Montaury... 

Esta farofa de carboidratos, minerais, vitaminas, vegetais e proteínas por apresentar muitos nutrientes, quando em presença de calor e umidade é um verdadeiro placa nutritiva de cultivo de microorganismos. Facilitando a proliferação de bactérias, fungos, vírus e ectoparasitas.

Qual foi a solução que a ávida e lucrativa indústria alimentar criou para que os nutrientes não estragassem e que não diminuíssem os lucros?

Como impedir a fermentação e que não deteriore os alimentos dentro destes recipientes?

RADIAÇÃO IONIZANTE.

A Radiação ionizante mexe na estrutura molecular e atômica destes ingredientes destruindo sua força vital, estas forças que sendo fonte de energia, ativa a parte curativa e regenerativa do ser humano. Efeito Tucom.

POSSUI CONSTITUINTES DESVITALIZADOS PARA ALIMENTAÇÃO HUMANA.

Esta Ração Humana possui ingredientes desvitalizados para o consumo humano.

As pessoas melhoram devido ao fato de se alimentarem de ingredientes multifatorial contendo proteínas, carboidratos, minerais e vitaminas. São supridas por estas substâncias.

O que acontece diariamente ao ingerir este “pacote” de ingredientes?

Ingerem junto um pacote extra de radiações ionizantes com potencial cancerígeno. O alimento é destruído da sua energia, destituído de sua força vital. Alimenta-nos de nutrientes e não de energia.

A radiação ionizante mata toda proliferação de vida que nos nutriria desta energia contida nos alimentos desta “ração humana”.

O uso desta radiação ionizante usada com objetivo de exterminar com a vida de microorganismos (fungos, ácaros, bactérias e vírus) dentro deste pacote, matam também a energia de vida do alimento.

Numa determinada época, pelo acúmulo destas radiações pode encontrar terreno propício para eclodir o vulcão silencioso das anomalias celulares desencadeadas pela ingestão repetida de alimentos ricos em radiações ionizantes. Este fato pode ocorrer apesar do estado nutricional melhorado pela ração humana.
Os orgãos mais acometidos pelo cancer ocasionado por radiações ionizantes são:
  • tireoide
  • ósseo 
  • hematopoiético(leucemias e linfomas)
  • reprodutivos(ovários e testículos)
Precisamos desenvolver uma Imunidade Individual que vai garantir a sua Unidade e defendê-lo das doenças mais simples até as mais complexas.

Se quiseres fazer uso desta “Ração Humana” (e ficar mais parecido com seu animal cão ou gato) compre-a. Mas se queres Ser Humano e nutrir de alimentos sadios, faça você mesmo os componentes deste pacote alimentar e vital.

Compre os componentes periodicamente como fazem os franceses quando vão as feiras, e ao comprar verifique validade e prazos, aspecto de conservação, higiene, local de exposição. Use compostos in natura, vitalizados e orgânicos.

Lembrar que o externo, fora do corpo humano, os fâneros (pele, cabelo e unhas) são ativados e quando comprometidos, estes emunctórios de excreção funcionam. Eles exteriorizam estas eliminações para não adoecer os órgãos internos e vitais como: cérebro, coração, pulmão e rins. Finalidade é manter a Unidade do sistema. Preservam a mente e os órgãos vitais, como na resposta de luta e fuga.

RESUMINDO:
·         Opte por alimentos frescos.
·         Opte por alimentos orgânicos.
·         Quando fizer uso de vegetais não os cozinhe e de preferência faça-os no bafo ou crus.
·         Coma frutas e saladas cruas higienizadas e de preferência sem agrotóxicos.
·         Use amêndoas, avelãs, castanhas, etc. de extração vegetal recente.
·         Use leveduras de cerveja e verifique prazo de validade.
·         Faça atividade física diária e mantenha boa capacidade física.

17 de mai de 2010

Retiro de Purificação e Iniciação - COMPLEMENTO DIVINO


Este trabalho é desenvolvido sob às radiações do Raio Dourado e da Energia de Mestre Kuthumi e Mestra Clara.

13 de mai de 2010

Chimarão, partilha, emoção e Cura

Círculo Sagrado de Visões Femininas - Maio 2010 - Esteio/RS

Mulheres fortes... enfrentando seus medos e se permitindo voar...
Alçar vôos em busca de si própria é uma jornada de coragem e de Maestria...
Mas sigamos o fluxo do Rio!

"Sou águia das montanhas,
Sou Estrela a brilhar
Eu sou a luz da Lua
Eu sou teu despertar.
Eu sou um grão de areia
No deserto a caminhar
Sou animal das matas
Eu sou o teu cantar" 
(Alba Maria)

Lua Nova - Lua Negra

















HOJE, 13 de maio, dia de Mãe Maria e dia da Abolição da Escravatura, temos encontro no Círculo Sagrado de Visões Femininas (Lua Nova).
Que possamos nos libertar de tudo que nos prende à Ilusão e dos grilhões que o Feminino vem arrastando ao longo da História.
Um dos objetivos dos encontros na Lua Nova é despedir-se do antigo ciclo e dar boas vindas aos novos inícios.


Esperamos vocês no CICC PAZ.

Saiba mais sobre o projeto
Círculo Sagrado de Visões Femininas
e os locais onde ocorrem.

É assinada a Lei Áurea
A extinção da escravidão no Brasil se deu de forma gradual. A Lei do Ventre Livre, em 1871, considerava livres os filhos das escravas. A Lei dos Sexagenários, em 1885, declarava livres aquelas com mais de 60 anos. Em 1888, a princesa Isabel assinou a Lei nº 3353, a Lei Áurea, libertando finalmente todos os escravos.

Parece que a mulher teve um importante papel nesse processo!

11 de mai de 2010

O nome disso não é conselho...

Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de Porto, dizer à minha neta:

- Querida, venha cá. Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado. Tenho umas coisas pra te contar.

E assim, dizer apontando o indicador para o alto:

- O nome disso não é conselho, isso se chama Colaboração!

Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões... E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossos frágeis, a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudável e forte. Por isso, vou colocar mais ou menos assim:

É preciso coragem para ser feliz. Seja valente.
Siga sempre seu coração. Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão. E satisfaça seus desejos. Esse é seu direito e obrigação. Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você. Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim. Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, Rio de Janeiro, a Barcelona e a Italia. Cuide bem dos seus dentes.
Experimente, mude, corte os cabelos.. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro. Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito..." Tenha uma vida rica de vida. Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e o futuro é imprevisível.
Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela. Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor. E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável. Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários. Se for se casar, faça por amor. Não faça por segurança, carinho ou status.

A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode ser um saco! Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você. Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no olfato e desconfie da visão. É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão.

Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação. Leia. Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim. Compreenda seus pais. Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.
Cultive os amigos. Eles são a natureza ao nosso favor e uma das formas mais raras de amor.
Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza. Era só isso minha querida.

Agora é a sua vez.

Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?
(Autoria desconhecida)
Aaahh, que delícia... você não se imaginou mais jovem diante de uma avózinha sabia? Eu me imaginei!
Recebi este texto hoje de uma amiga querida, Ana Paula Muller, do Espaço Equilibrare de Três Coroas/RS. Grata Ana.
Que as flores perfumem nossas casas!

10 de mai de 2010

Encontro da Lua Nova de Maio/2010

ATENÇÃO MENINAS, nosso encontro será DIA 13/05, 5ª-feira, no CICC PAZ.
Maiores informações na agenda.

Beijos beijos,
Ana Andrade

9 de mai de 2010

Doutoras

Certo dia, uma mulher foi renovar a sua carteira de motorista.
Quando lhe perguntaram qual era a sua profissão, ela hesitou. Não sabia bem como se classificar.
O funcionário insistiu: "o que eu pergunto é se tem um trabalho."
"Claro que tenho um trabalho", exclamou. "Sou mãe."
"Nós não consideramos isso um trabalho. Vou colocar dona de casa", disse o funcionário friamente.
Uma amiga sua, soube do ocorrido e ficou pensando a respeito por algum tempo.
Num determinado dia, ela se encontrou numa situação idêntica. A pessoa que a atendeu era uma funcionária de carreira, segura, eficiente.
O formulário parecia enorme, interminável.
A primeira pergunta foi: "qual é a sua ocupação?"
Ela pensou um pouco e sem saber bem como, respondeu:
"Sou doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas."
A funcionária fez uma pausa;e ela precisou repetir pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas.
Depois de ter anotado tudo, a jovem ousou indagar;
"Posso perguntar, o que é que a senhora faz exatamente?"
Sem qualquer traço de agitação na voz, com muita calma explicou: "Desenvolvo um programa à longo prazo, dentro e fora de casa."
Pensando na sua família, ela continuou: "sou responsável por uma equipe e já recebi quatro projetos. Trabalho em regime de dedicação exclusiva. O grau de exigência é de 14 horas por dia, às vezes até 24 horas."
À medida que ia descrevendo suas responsabilidades, notou o crescente tom de respeito na voz da funcionária, que preencheu todo o formulário com os dados fornecidos.
Quando voltou para casa, ela foi recebida por sua equipe: uma menina com 13 anos, outra com 7 e outra com 3. Subindo ao andar de cima da casa, pôde ouvir o seu mais novo projeto, um bebê de seis meses, testando uma nova tonalidade de voz. Feliz, tomou o bebê nos braços e pensou na glória da maternidade, com suas multiplicadas responsabilidades. E horas intermináveis de dedicação...
"Mãe, onde está meu sapato? Mãe, me ajuda a fazer a
lição? Mãe, o bebê não pára de chorar. Mãe, você me
busca na escola? Mãe, você vai assistir a minha dança?
Mãe, você compra? Mãe..."
Sentada na cama, pensou: "se ela era doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas, o que seriam as avós?"
E logo descobriu um título para elas: doutoras-sênior em desenvolvimento infantil e em relações humanas.
As bisavós, doutoras executivas sênior.
As tias, doutoras-assistentes.
E todas as mulheres, mães, esposas, amigas e
companheiras: doutoras na arte de fazer a vida melhor.
Num mundo em que se dá tanta importância aos títulos, em que se exige sempre maior especialização, na área profissional, torne-se um(a) especialista na arte de amar.

Repasse esta mensagem às mulheres da sua vida... Mostre-lhes que sempre existe “um tempinho” no qual você estará pensando nelas.... Envie também aos homens para que valorizem as mulheres de sua vida...

Deixe uma mulher feliz...
Hoje...
E sempre!!!
E principalmente... SEJA FELIZ VOCÊ TAMBÉM!!!

MÃE, VOCÊ MERECE HOMENAGEM TODOS OS DIAS!

Recebido por email, desconheço a autoria.
Imagem: www.marianadepijamas.com.br

5 de mai de 2010

Encontro com Pajé Sapaim e Pajé Darshan

Sem palavras para descrever...

A presença da Floresta no CICC PAZ
Pajé Sapaim Kamayurá (Xingu)

Pajé Darshan (Acre)

Veja mais AQUI
Pedagogia do Encontro

Registro da (((Segunda Vermelha))) 2010

Eu sei que parece, mas não é tá.

Inês, Lu, Vera, Elaine, Neiva, Ana Paula, Daiane, Tábata, Simone, Nádia, Noeça

Nossa Segunda Vermelha estava linda, conversamos sobre a Menstruação, trocamos, compartilhamos, dançamos, preparamos juntas nossa bebida e celebramos o Ser Mulher.


Explicando a utilização do abiosorvente e do jarro menstral.

Simone Alves (Guardiã do Círculo Sagrado de Visões Femininas de Porto Alegre) e Inês, observando o abiosorvente.

Fomos presenteadas com a Dança da amiga, bailarina e professora Daiane Ribeiro




Beijocas
Ana Andrade
Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradecemos e faremos a devida correção. Solicitamos também que, ao ser extraída qualquer informação desta página, seja adicionada à devida autoria ou endereço:
http://clafilhasdalua.blogspot.com/