30 de set de 2009

Encontro da Lua Nova de Outubro 2009


Minhas amadas irmãs, mães, filhas e avós, nosso próximo encontro na LUA NOVA será dia 18 de outubro às 18hs. Aqui no Sul temos o Chimarão... Ô Roda boa... conversas, risos... cheguem cedinho para o mate e assim vamos nos conhecendo e tecendo nossas relações.
Sejam todas bem vindas, filhas e netas da Lua.
Local no Rio Grande do Sul:
CICC PAZ - Campo de Integração e Convivência por uma Cultura de Paz
Guardiã: Ana Paula Andrade
Confiram os encontros nos outros Estados:

"É fundamental que a essência transpareça na existência. Que possamos ser percebidas pelo que somos e pensamos e não pelo que possuímos ou aparentamos. O Ser é a melhor parte de nós, porém é preciso descobrir, sob as camadas do condicionamento social, tal qual arqueólogas, a ESSÊNCIA que compõe nossa excelência". (Ana Paula Andrade)

24 de set de 2009

Recordação

Uma mensagem do Conselho dos 12, canalizada por Selácia

10 de Setembro de 2009

Quando vocês lembrarem destes tempos nos próximos anos, o que gostarão de recordar? Vocês pensarão nestes momentos que antecedem ao 2012 como um tempo de grandes oportunidades? Considerem os tipos de oportunidades que estão presentes agora. Imaginem como até uma delas poderia ajudar a mudar a Terra para um planeta de Luz. Visualizem como seria então a sua experiência humana. Quais são os exemplos de oportunidades que vocês têm?

1 - O Conhecimento Oculto está sendo Revelado

Os antigos ensinamentos sobre a natureza da vida, as leis universais, e como se libertar do sofrimento estão deixando de ser secretos e excluídos. Até tempos recentes, este conhecimento estava limitado a grupos seletos de pessoas. Se vocês não eram favorecidos, nascendo em ótimas condições para receberem os ensinamentos, não poderiam se beneficiar. Hoje, vocês como buscadores espirituais, podem descobrir e utilizar estes mistérios antigos. Vocês podem ler livros, aprendendo através de grandes sábios que viveram há muito tempo. Vocês são capazes de participar de ensinamentos espirituais sagrados, recebendo a sabedoria de portadores de considerada linhagem espiritual e de outros adeptos. Vocês têm a habilidade de acessar uma ampla variação de idéias e teorias, decidindo com a ajuda da própria sabedoria do seu coração o que é verdadeiro para vocês. Vocês podem aprender a descobrir também os seus próprios segredos, trazendo a consciência e a cura de existências de padrões disfuncionais que os deixaram se sentindo insignificantes. Imaginem como ao resolverem até um dos seus maiores obstáculos poderia ajudá-los a se tornarem mais auto-realizados.

2 - A Mudança é mais Rápida

Durante a maior parte das outras fases do desenvolvimento da humanidade, uma pessoa não poderia progredir tão rapidamente em apenas uma existência. Este momentum mais lento de mudança significava que vocês eram muito limitados. Vocês poderiam plantar sementes para a sua iluminação, e certamente, fizeram isto em outras vidas. Entretanto, a sua evolução no período típico de vida, era minúscula, comparada a agora. Seu caminho de despertar espiritual não é mais avaliado por um padrão de medida de terceira dimensão.

3 - O Velho está se desintegrando rapidamente embaixo dos seus pés.

As velhas estruturas e modos de ser obsoletos estão rapidamente se desintegrando. Lembrem-se de que estas são as partes de sua sociedade que não funcionam. Elas não estão em alinhamento com onde vocês querem estar. O disfuncional não pode permanecer se vocês estiverem para criar um mundo mais cheio de luz. Na verdade, a rápida desintegração da velha ordem disfuncional pode ser assustadora e desorientadora. Vocês não vivenciaram tantas mudanças anteriormente. Entretanto, vocês estão despertando para o seu verdadeiro papel como "Criadores Divinos da Mudança". Isto significa que vocês estão se lembrando de que são Divinos e que estão aqui com o propósito de fazer as mudanças necessárias. Enquanto vocês e outros fazem isto, vocês se ajudam e ao seu mundo a se moverem para a consciência iluminada.

4 - Vocês têm agora a evidência concreta da conexão

Seus antepassados não tiveram o benefício de viver em um mundo tão pequeno. Ele não ficou realmente menor, naturalmente. Sua consciência de si mesmos de se defrontarem com os outros globalmente é o que mudou. Vocês podem agradecer à tecnologia humana e à criatividade por ajudarem a preencher o vazio. Com as comunicações globais e as viagens rápidas à maior parte dos locais por todo o planeta, vocês podem sentir de modo tangível a sua conexão com os outros. São estes níveis expandidos de conexão que podem ajudar a favorecer as mudanças que vocês e outros buscam. Quanto mais as pessoas compreenderem a complexa dança conectada da vida, maior a probabilidade da parceria. Vocês interromperam o final. Isto está realmente bem, contudo, porque vocês têm muitos companheiros. Vocês podem se unir a outros trabalhadores da luz em comunidade, encontrando meios inovadores para resolver o aparentemente insolúvel.

5 - A Humanidade está em sua encruzilhada da grande mudança de todos os tempos

Não há nada como uma crise - ou melhor ainda, a atual encruzilhada - para afastar as pessoas da complacência. Os tipos de mudanças progressivas envolvidas com a grande mudança, não acontecerão quando vocês estiverem complacentes. Escolhas diferentes são feitas quando vocês despertam para a compreensão de que vocês querem as mudanças e que estão diante da escolha. Vocês fazem estas escolhas alternativas quando começam a se sentir capacitados e decidem agir de um espaço de capacitação. As mudanças positivas acontecem quando vocês percebem a verdade do que vocês e outros criaram, compreendendo que novas escolhas devem ser feitas. Quanto mais vocês puderem encarar honestamente a verdade do que está ocorrendo, mais rapidamente vocês poderão descobrir as soluções para os obstáculos. Quando assim fazem, as encruzilhadas da humanidade assumem um novo significado e vocês podem encontrar um meio de se tornarem otimistas.

Ao aceitarem o otimismo e não o pessimismo, vocês vibram em uma freqüência mais elevada. Esta mudança os ajuda a ser um potente "Criador Divino das Mudanças". Estes são somente alguns exemplos das inúmeras oportunidades que estão à mão, por estarem vivos agora. A fim de apreciarem e se beneficiarem plenamente delas, vocês gostarão de contemplar regularmente a grande cena.

6 - Percebendo a Grande Cena

Considerar a grande cena, significa olhar além das aparências e das minúcias da vida diária. As mudanças que vocês estão ajudando a criar são imensas. Elas afetam cada parte da sua sociedade. Elas causam um impacto em como vocês e os outros se relacionam. Elas estão conectadas a um paradigma inteiramente novo do que significa ser humano. As mudanças em andamento vão até a essência de quem vocês acreditavam ser. Vocês estão sendo solicitados a reconsiderar as suas falsas noções da realidade e o seu papel nela.

7 - Criando uma Vida Digna de Lembrança

Se vocês pudessem se ver como o Espírito os vê, não haveria dúvidas sobre a importância desta vida. Vocês compreenderiam por que é tão vital que vocês despertem plenamente e vivam na Terra como o ser Divino que vocês verdadeiramente são. Vocês seriam inspirados a fazer os seus melhores esforços para criar uma vida digna de lembrança. Vocês saberiam a potência de usar os seus próximos momentos presentes para criar habilmente um novo modo de ser.

8 - Aqui está uma lista para criar modos no novo paradigma

1 - Coloquem a sua intenção diariamente de estarem receptivos a novas idéias. Peçam a orientação Divina para ajudá-los a descobrir e curar mais o seu passado disfuncional. Descubram como as situações difíceis que vocês percebem ou se defrontam pessoalmente podem lhes mostrar sobre si mesmos. Estejam dispostos a observar e agir de acordo com o que vocês vêem.

2 - Lembrem-se de que a mudança é uma parte natural da vida. Mais mudanças estão acontecendo agora porque vocês estão vivendo durante o momento da maior mudança das eras. Decidam que vocês farão mudar o seu amigo e não ao seu inimigo. Dêem-se permissão de aprender a partir do que não está funcionando, e de deixá-lo ir sem ressentimento ou medo.

3 - Empenhem-se em ajudar pelo menos uma pessoa diariamente. Este pode ser um estranho ou alguém que vocês já conheçam. Façam isto sem o desejo da recompensa ou reconhecimento.

4 - Reservem alguns momentos a cada dia para se conectarem com alguém que conheçam. Incentivem um diálogo com esta pessoa, compartilhando tão genuinamente quanto possam. Lembrem-se de ouvir com atenção concentrada esta pessoa. Vocês fazem isto, estando no momento presente, e ao se desligarem do murmúrio do seu mundo interior e exterior.

5 - Coloquem a sua intenção que aprenderão e evoluirão a partir de suas interações com os outros. Permitam que o seu relacionamento com outras pessoas os ajudem a agregar e a expressar mais amor ao mundo.

Enquanto vocês continuam a jornada da redescoberta de sua natureza Divina, nós os envolvemos com o nosso amor e bênçãos. Nós somos O Conselho dos 12.

Direitos Autorais por Selácia. Canalizada para o Conselho dos 12. Todos os Direitos Reservados

20 de set de 2009

O primeiro CÍRCULO SAGRADO DE VISÕES FEMININAS
no Rio Grande do Sul
Projeto do Clã dos Ciclos Sagrados/SP


Re-unidas e irmanadas na Força da Tenda Vermelha que Sangra, no primeiro dia de Lua Nova de setembro de 2009, juntamente com outros cinco Círculos que aconteciam em cinco Estados do Brasil, formamos uma Rede de mulheres conectadas por seus ventres, corações e espíritos.

(foto: Ana Paula Andrade)

Nos Círculos Femininos, honrando seus ciclos, relembrando os Mistérios Sagrados de Sangue, a Mulher vai re-construindo seus Espaços de Poder, fortalecendo seus laços de gênero, curando e sendo curada.

Estive na presença de mulheres maravilhosas...


Entre mães, avós, filhas, sonhadoras, visionárias, curadoras, guerreiras... entre partilhas, sorrisos, lágrimas, abraços, canções... entre suspiros, corações palpitantes, ventres pulsantes... eu estive, EU ESTOU.











Gratidão às Guardiãs que ancoram comigo esta energia salutar, simultaneamente, em outros estados: Sabrina, Ariany, Marcela, Jeruza e Ioni.

"A partir da LUA NOVA DE SETEMBRO, damos início a encontros mensais de mulheres em diversos estados brasileiros, sob as energias de limpeza, recomeço, retorno a si mesma, regeneração e contato com a fonte pura que este momento proporciona a todas as mulheres, de todas as idades, de qualquer lugar do mundo, de qualquer crença. Acessaremos direto na fonte essa energia democrática de REGENERAÇÃO E EXPRESSÃO FEMININA".
(Marcela, Lalla, http://shaktilalla.blogspot.com/2009/09/circulo-sagrado-de-visoes-femininas.html)

Guardiãs e Locais onde os Círculos estarão acontecendo:

Ariany Moreira (Dhanna Kaur)
Localização: Belo Horizonte/Minas Gerais
Contato: (31) 3471-1465::

Ana Paula Andrade
Localização: Esteio/Rio Grande do Sul
Endereço: CICC PAZ - Campo de Integração e Convivência por uma Cultura de Paz
Rua São Jerônimo, 76 - Centro - Esteio
Contato: (51) 98210643::
http://clafilhasdalua.blogspot.com/

Iony Ming
Localização: Vila Velha – Espírito Santo
Contato: (27) 9926-2668::

Jeruza Jesus do Rosário
Localização: Salvador - Bahia
Contatos: (71) 3329-4998/ 8765-2723.::

Marcela Pessoa Zaroni
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Contato: (21) 33923502 / (21) 85301340::

Sabrina Alves
Localização: São Paulo - São Paulo
Contato: (11)9614-2858

Estas são as guardiãs (até o presente momento) que irão ancorar nos estados citados acima as energias desse encontro de Lua Nova. Participe desta energia, procure a cidade mais próxima de vc!

Para mais informações
acesse:http://www.cladosciclossagrados.com/curso_ritual_lua_nova.html
ou faça contato com Sabrina Alves
Email: cladosciclossagrados@yahoo.com.br

19 de set de 2009

Pequenos Feitiços



“Na casa das bruxas há música e dança
Toda tarde há bolos que exalam canela
Trepadeiras intrépidas pelas paredes
Fazem cachos e curvas por entre as janelas
São três irmãs e três primas
Mais três tias e se completa o clã
Nove beldades profanas
Que em línguas estranhas
Entoam cantigas a cada manhã
Se voam em vassouras, isso eu nunca vi
Mas cavalgam faunos
Nas noites sem lua,
E com Baco dançam e bebem despidas
Enfeitando as tranças com margaridas
Isto é fato sabido por toda a rua!”
(Na casa das Bruxas, Jussara Machado)


Aaaahhh, essa gente eu conheço!
Imagem retirada do Google

17 de set de 2009

EU PEDI A OGUM

Eu pedi a Ogum, para retirar os meus vícios. Ogum disse: Não. Eles não são para eu tirar, mas para você desistir deles.
Eu pedi a Ogum , para fazer meu filho aleijado se tornar completo. Ogum disse: Não. Seu espírito é completo, seu corpo é apenas temporário
Eu pedi a Ogum para me dar paciência. Ogum disse, Não. Paciência é um subproduto das tribulações; Ela não é dada, é aprendida.
Eu pedi a Ogum para me dar felicidade. Ogum disse: Não. Eu dou bênçãos; Felicidade depende de você.
Eu pedi a Ogum para me livrar da dor. Ogum disse: Não. Sofrer te leva para longe do mundo e te traz para perto de mim.
Eu pedi a Ogum para fazer meu espírito crescer. Ogum disse: Não. Você deve crescer em si próprio! Mas eu te podarei para que dês frutos.
Eu pedi a Ogum todas as coisas que me fariam apreciar a vida. Ogum disse: Não. Eu te darei a vida, para que você aprecie todas as coisas.
Eu pedi a Ogum para me ajudar a AMAR os outros, como Ele me ama. Ogum disse: Finalmente você entendeu a idéia!

9 de set de 2009

Epahei Iansã - Senhora de tantos conhecimentos, o que tens a nos dizer?

Me entristece ver quanto desequilíbrio nós (humanos) causamos a Mãe Natureza. Um dia parece verão, no outro primavera e na virada da noite voltamos a sentir o inverno.
Os ventos sopraram fortes pelo país causando destruição, que mensagem trazes para nós Iansã?!
São ventos de morte, ventos de mudança, ventos de loucura... o que querem os teus ventos dizer, após um feriado de 7 de setembro, quando o país comemora sua independência. Independência de quem?
Tu sabes o que fazes minha mãe!
Me curvo diante de ti em respeito a tua Força, escuto atenciosa a mensagem dos teus raios e dos trovões de teu consorte...

Um pouco de Iansã...

Iansã - Deusa da espada de fogo, Dona das paixões, Iansã é a Rainha dos raios, dos ciclones, furacões, tufões, vendavais. Orixá do fogo, guerreira e poderosa.
Não é muito difícil depararmo-nos com a força da Natureza denominada Iansã (ou Oyá). Convivemos com ela, diariamente.
Iansã é o vento, a brisa que alivia o calor. Iansã é também o calor, a quentura, o abafamento. É o tremular dos panos, das árvores, dos cabelos. É a lava vulcânica destruidora. Ela é o fogo, o incêndio, a devastação pelas chamas. Iansã está presente no ato simples de acendermos uma lâmpada ou uma vela. Ela é o choque elétrico, a energia que gera o funcionamento de rádios, televisões, máquinas e outros aparelhos. Iansã é a energia viva, pulsante, vibrante. É a eletricidade.
Sentimos Iansã nos ventos fortes, nos deslocamentos dos objetos sem vida. Iansã também é a paixão, orixá da provocação e do ciúme, da paixão violenta, que corrói, que cria sentimentos de loucura, que cria desejo de possuir, o desejo sexual. É a volúpia, o clímax, o orgasmo do homem e da mulher. Ela é o desejo incontido, o sentimento mais forte que a razão. A frase “estou apaixonado” tem a presença e a regência de Iansã, que é o Orixá que faz nossos corações baterem com mais força e cria em nossas mentes os sentimentos mais profundos, abusados, ousados e desesperados. É o ciúmes doentio, a inveja suave, o fascínio enlouquecido. É a paixão, propriamente dita.
Iansã é a disputa pelo ser amado. É a falta de medo das conseqüências de um ato impensado, no campo amoroso. É até mesmo a vontade de trair, de amar livremente. Iansã rege o amor forte, violento.
Oyá é também a senhora dos cemitérios. É ela que servirá de guia, ao lado de Obaluaê, para aquele espírito que se desprendeu do corpo. É ela que indicará o caminho a ser percorrido por aquela alma.
O raio e a espada flamejante são símbolos de Iansã, que demonstram seu poder de guerreira do fogo.

Mitologia

Embora tenha sido esposa de Xangô, Iansã percorreu vários reinos e conviveu com vários reis. Foi paixão de Ogum, de Oxaguiam, de Exu, Conviveu e seduziu Oxossi, Logun-Edé e tentou, em vão, relacionar-se com Obaluaê. Sobre este assunto, a história conta que Iansã percorreu vários reinos usando sua inteligência, astúcia e sedução para aprender de tudo e conhecer igualmente a tudo.
Em Ire, terra de Ogum, foi a grande paixão do guerreiro. Aprendeu com ele o manuseio da espada e ganho deste o direito de usá-la. No auge da paixão Ogum , Iansã partiu, indo para Oxogbô, terra de Oxaguian. Conviveu e aprendeu o uso do escudo para se proteger de ataques inimigos, recebendo de Oxaguian o direito de usá-lo. Quando Oxaguian estava tomado pe paixão por Oyá, ela partiu.
Pelas estradas deparou-se com Exu. Com ele se relacionou e aprendeu os mistérios do fogo e da magia. No reino de Oxossi, seduziu o deus da caça, mesmo com os avisos de sua mulher, Oxum, que avisara ao marido do perigo dos encantos de Iansã. Todavia, com Oxossi, Oyá aprendeu a caçar, a tirar a pele do búfalo e se transformar naquele animal, com a ajuda da magia aprendida com Exu. Seduziu o jovem Logun-edé , filho de Oxossi e Oxum e com ele aprendeu a pescar.
Iansã partiu, então, para o reino de Obaluaê, pois queria descobrir seus mistérios e até mesmo conhecer seu rosto (conhecido apenas por Nanã – sua mãe – e Iemanjá, mãe de criação). Uma vez chegando ao reino de Obaluaê, Iansã tratou de insinuar-se:
- Como vai o Senhor das Chagas?
No que Obaluaê respondeu:
- O que Oyá quer em meu reino?
- Ser sua amiga, conhecer e aprender, somente isso. E para provar minha amizade, dançarei para você a dança dos ventos!
(Dança que, por sinal, Iansã usou para seduzir reis como Oxossi, Oxaguian e Ogum).
Durante horas Iansã dançou, sem emocionar ou, sequer, atrair a atenção de Obaluaê. Incapaz de seduzir Obaluaê, que jamais se relacionou com ninguém, Iansã então procurou apenas aprender, fosse o que fosse. Assim, dirigiu-se ao homem da palha;
- Obaluaê, com Ogum aprendi a usar a espada; com Oxaguian, o escudo; com Oxossi aprendi a caçar; com logun-edé a pescar; com Exu aprendi os mistérios do fogo. Falta-me apenas aprender algo contigo.
- Você quer aprender mesmo, Oyá? Então, ensinar-lhe-ei como tratar dos mortos!
De início Iansã relutou, mas seu desejo de aprender foi mais forte e, com Obaluaê, aprendeu a conviver com os eguns e controlá-los.
Partiu, então Oyá, para o reino de Xangô. Lá, acreditava, teria o mais vaidoso dos reis e aprenderia a viver ricamente. Mas, ao chegar ao reino do deus do trovão, Iansã aprendeu muito mais que isso... aprendeu a amar verdadeiramente e com uma paixão violenta, pois Xangô dividiu com ela os poderes do raio e deu a ela o seu coração.

O fogo é o elemento básico de Iansã. O fogo das paixões, o fogo da alegria, o fogo que queima. Iansã é o Orixá do fogo...
E aqueles que dão uma conotação de vulgaridade a essa belíssima e importantíssima divindade africana, são dignos de pena e mais dignos, ainda, do perdão de Iansã.

4 de set de 2009

Encontros da Lua Nova - Círculo Sagrado de Visões Femininas

Então queridas, olhem que coisa linda acontecendo... O Círculo Sagrado de Visões Femininas, projeto do Clã dos Ciclos Sagrados, por sua mentora Sabrina Alves, agora estará acontecendo em diversos Estados do Brasil. Clique no cartaz acima para ter maiores informações.


Me sinto honrada por este convite e grata pela confiança que Sabrina deposita em mim para ficar de Guardiã deste trabalho aqui no Sul.
Nossos encontros ocorrem no CICC PAZ, no primeiro dia de Lua Nova, as 19:30.

Fiquem atentas ao calendário lunar!

Beijocas,
Ana Paula Andrade


1 de set de 2009

Filha...
Minha pequenina de pureza e inocência...
Minha filha de luz das estrelas e da noite.
Minha criança apaixonada de lágrimas e alegria!
Não sabe que sempre estive aqui?
Que sempre a amei e a segui...
Mas minhas palavras são brandura e meu corpo é o seu próprio corpo.
Seus sentimentos são minhas ações
e seu sangue é minha vida!
Você não sabe como esperei por você... todas essas eras,
e que me chamasse de volta.
Eu sou você.

Dentro de mim mundos nascem e se desdobram.
Sou isso e sou aquilo... em um contínuo Agora.
Não tenho fronteiras e sou todas as fronteiras.
Sei tudo e nada sei.
Sou todos os sentimentos.
Sou as profundezas da virgindade,
abraçando todas as sementes da humanidade, no tempo.
Entre meus seios amparo o homem e alimento-o com minha própria vida.
Para que ele possa me conhecer e... ao conhecer-me
honrar-me em seu mundo.
Eu sou a Esperança.

Para me conhecer...
você tinha que me perder.
Você tinha que me querer, meu amor!
Você tinha que me dar espaço neste mundo.
Porque sou o corpo do Absoluto e Infinito Ser,
a pulsação do coração pelo amor sem fim e pela vida.
A possibilidade de Vida não nascida
dentro da escuridão que contém a Luz.
Eu sou Um:
O seu abraço unificado ao redor da Terra,
Filha do futuro esplendor da minha Vida.

(Cartas para minha Filha - A Mulher do Futuro - Zulma Reyo)

Sugestões de Filmes


-->
  • A Chave do Universo
  • A colcha de retalhos
  • A missão
  • A Origem
  • Avatar
  • Carta para Julieta
  • Ensaio sobre a cegueira
  • Escritores da Liberdade
  • MARIA
  • Matrix
  • Memórias de uma Gueixa
  • Mulheres sexo forte
  • O Divã (filme brasileiro)
  • O Segredo
  • O Soldado de Deus
  • O som do coração
  • O Sorriso de Monalisa
  • P.S. Eu te amo
  • Profecia Celestina
  • Qualquer gato vira-lata

Sugestões de Leitura

  • As Deusas e a Mulher (Jean Shinoda Bolen)
  • A ciranda das mulheres sábias (Clarissa Pinkola Estés)
  • A Deusa Interior (Jennifer Barker e Roger Woogler)
  • A Filha do Herói (Maureen Murdock)
  • A Inteligênica Hormonal da Mulher (Berenstein)
  • A Menopausa e os Segredos dos Hormônios Femininos (José Carlos Peixoto)
  • A mulher no limiar de dois mundos - A jornada espiritual da menopausa (Andrews)
  • A mulher no corpo de xamã (Barbara Tedlock)
  • A Velha: Mulher de Idade Sabedoria e Poder (Barbara G. Walker)
  • Ciência do Homem Ecológico (M. Odent)
  • Dance e recrie o mundo - A força criativa do ventre( Penna)
  • Desvendando o poder oculto da sexualidade feminina (Piontek)
  • E a cada dia menos boazinha (Ute Ehrhardt)
  • Elementos da Deusa (Caitlín Matthews)
  • Guia do Crescimento Espiritual da Mulher (Kaufer e Newhouse)
  • Gênese do Homem Ecológico (Odent)
  • Homem Mulher - A integração como caminho de desenvolvimento (Gudrun Burkhard)
  • Kama Sutra para Mulheres (Dra. Vinod Verma)
  • La voz de las trece abuelas (Carol Schaefer)
  • Linguagem do Corpo (Cristina Cairo)
  • Lobas e Grávidas (Lívia Rodrigues)
  • Mulheres que correm com lobos (Clarissa Pinkola Estés)
  • Memórias do Homem de Vidro - Reminiscências de um Obstetra Humanista (Ricardo Jones)
  • Maturescência Poder e Cura da Mulher na Menopausa (Livia Penna Firme Rodrigues)
  • A maternidade e o encontro com a própria sombra (Laura Gutman)
  • O Anuário da Grande Mãe (M. Faur)
  • O casamento do Sol com a Lua (Raissa Cavalcanti)
  • O Caminho da Deusa (Monaghan Patricia)
  • O Espelho da Lua (Maria Helena Nóvoa)
  • O Espírito da Intimidade (Somé)
  • O Legado da Deusa (Mirella Faur)
  • O Milionésimo Círculo (Bolen)
  • O Novo Despertar da Deusa (Nicholson)
  • O Oráculo da Deusa (Amy Sophia Marashinsky)
  • O Poder do Agora (Eckhart Tolle)
  • Rubra Força - Fluxos do poder feminino ( Monika V. Koss)
  • Saber Cuidar (Leonardo Boff)
  • Sete vezes mulher (Alcio Luiz Gomes)
  • Seu Sangue é Ouro (Lara Owen)
  • Só para Mulheres (Sonia Hirsch)
  • A Tenda Vermelha (Anita Diamant)
Se algum artigo neste blog estiver como "autoria desconhecida" e você souber informar, agradecemos e faremos a devida correção. Solicitamos também que, ao ser extraída qualquer informação desta página, seja adicionada à devida autoria ou endereço:
http://clafilhasdalua.blogspot.com/